Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.14/9878
Título: Identificação e caracterização de potenciais e-learners: um contributo para a aplicação do e-learning à Educação Médica Contínua
Outros títulos: Identification and characterization of potential e-learners: a contribution for the application of e-learning to Continuing Medical Education
Autor: Fernandes, Rui
Palavras-chave: Educação Médica Contínua
Tecnologias de Informação e Comunicação
Métodos de ensino-aprendizagem
Características dos estudantes
continuing medical education
information and communication technologies
teaching and learning methods
student’s characteristics
Data: 2009
Editora: UCEditora
Citação: FERNANDES, Rui - Identificação e caracterização de potenciais e-learners : um contributo para a aplicação do e-learning à Educação Médica Contínua = Identification and characterization of potential e-learners: a contribution for the application of e-learning to Continuing Medical Education. Cadernos de Saúde. Lisboa. ISSN 1647-0559. 2:2 (2009) 67-86
Resumo: Com a evolução tecnológica verificada nas últimas décadas, o processo de ensino-aprendizagem tem sofrido alterações no seu padrão, sendo o ensino a distância com apoio das tecnologias de informação e comunicação (TIC), um exemplo. O surgimento de novas formas de ensinar e aprender condiciona o aparecimento, em paralelo, de resistências a essa mudança, o que é inevitável em qualquer modificação metodológica. No ensino centrado no estudante, este tem um papel fulcral nesse processo, pelo que é fundamental conheceras suas características e a opinião sobre os novos para digmas de ensino, o que constitui uma etapa inicial na concepção e distribuição de produtos educativos electrónicos.Com o objectivo de caracterizar uma população médica, de acordo com as suas características demográficas e pessoais, a utilização de ferramentas electrónicas (computador pessoal e Internet) na sua vida pessoal e profissional, e as metodologias utilizadas na educação médica contínua, inquirimos 91 médicos através de inquérito de respostas fechadas administrado à distância (correio tradicional e e-mail). A análise dos resultados evidenciou que a população médica estudada está habituada a utilizar o computador pessoal e a internet para várias actividades do seu quotidiano, incluindo para comunicar nos planos pessoal e profissional, e considera a educação médica contínua importante para o desempenho profissional. Em relação às metodologias de ensino, este estudo demonstrou que os médicos inquiridos, apesar de reconhecerem as TIC como um elemento a ter em conta nas actividades de educação médica, não têm o hábito de utilizar as metodologias de ensino electrónicas, considerando-as menos eficazes para a sua formação, podendo ser complementares às metodologias tradicionais, de tipo presencial.
With the technological evolution seen in recent decades, the teaching-learning process has suffered alterations in its pattern, irrespective of the subject area. Distance learning, with the support of information and communication technologies (ICT) is one example of this. In tandem with the appearance of new forms of teaching and learning there arises resistance of this change, which is inevitable whenever there is any modification to a methodology. In student-centered learning students have a pivotal role in this process which means it is essential to know about them and their opinion of the new teaching models. This is the first stage in the conception and distribution of educational electronic products. We carried out a survey with closed answers of 91 doctors by mail (traditional and electronic) with the aim of characterizing a medical population according to their demographic and personal characteristics, their use of electronic tools (personal computer and internet) in their personal and professional lives and the methodologies used in continuing medical education. The results of the survey showed that the elements of the medical population studied are used to using a personal computer and the internet for various daily activities including for communication on a personal and professional level, and consider that continuing medical education is important for their professional performance. Regarding teaching methodologies, this study demonstrated that the doctors who took part in the survey, while recognizing ICT as an element to bear in mind in medical educational activities, are not in the habit of using electronic teaching methodologies, and consider them less effective for their training although they may be used as a complement to traditional methodologies of the face-to-face type.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.14/9878
ISSN: 1647-0559
Aparece nas colecções:RCS - 2009 - Vol. 002 - Nº 02

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
CS 2.2 (5).pdf526,76 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.