Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.14/9835
Título: Eduardo Moreira e as missões protestantes no espaço colonial português: ecos de um projeto pedagógico de evangelização na primeira metade do século XX
Autor: Leite, Rita Mendonça
Palavras-chave: Protestantismo
Missionação
Instrução
Império
Bíblia
Protestantism
Missions
Education
Portuguese Empire
Bible
Data: 2012
Editora: Centro de Estudos de História Religiosa, Universidade Católica Portuguesa
Citação: LEITE, Rita Mendonça - Eduardo Moreira e as missões protestantes no espaço colonial português: ecos de um projeto pedagógico de evangelização na primeira metade do século XX. Lusitania Sacra. Lisboa. ISSN 0076-1508. 2ª S. 25 (Janeiro-Junho 2012) 115-125
Resumo: A estruturação do protestantismo português resultou de um processo complexo dinamizado com uma consistência substancial sobretudo a partir de finais do século XIX. No decorrer desse processo, várias figuras se destacaram na liderança de um movimento pioneiro, participando ativamente da construção da pluralidade religiosa no país. Eduardo Henriques Moreira (1886‑1980) sobressai entre esses líderes pela amplitude do seu campo de ação e pela abrangência e densidade da sua reflexão. Na década de 30 (séc. XX), a viagem que levou a cabo pelos territórios africanos de dominação portuguesa, produziu uma influência determinante no seu pensamento e na sua visão sobre o papel do protestantismo em Portugal e da missionação evangélica no Império Português. Defendendo a noção de uma unidade nacional que abrangia necessariamente os territórios coloniais, o plano de evangelização projetado por Eduardo Moreira assentava antes de mais na necessidade de promoção da instrução em Portugal e, por conseguinte, nas suas colónias, onde o potencial e a importância das missões evangélicas adquiriram uma abrangência que nunca alcançariam efetivamente na metrópole.
The structuration of the Portuguese Protestantism resulted from a complex process that was dynamized with a substantial consistency mostly since the end of the 19th century. There were several leaders that stood out within this pioneer movement, thus actively participating in the construction of religious plurality in Portugal. Eduardo Henriques Moreira (1886‑1980) distinguishes himself between those leaderships because of the range of his action field and the variety and density of his reflection. During the decade of 1930, the trip that he took through all the African territories of Portuguese domination, produced a determinant influence in its vision about the role of Protestantism in Portugal and of the evangelical missions in the Portuguese Empire. Advocating the notion of a national unity that necessarily covered the colonial territories, the evangelization plan projected by Eduardo Moreira was first of all based in the need to promote education in Portugal and, therefore, in its colonies, where the potential and importance of the evangelical missions acquired a magnitude that was never achieved effectively in the Metropole.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.14/9835
ISSN: 0076-1508
Aparece nas colecções:RLS - Tomo 025 (2012)

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
LS_S2_25_RitaMLeite.pdf178,68 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.