Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.14/9469
Título: A expressão plástica : cenário de comunicação da criança com NEE
Autor: Gonçalves, Carla Susana Esteves
Orientador: Ponte, Filomena Ermida da
Palavras-chave: Expressão Plástica
Comunicação
Crianças com NEE
Plastic Expression
Communication
Children with Special Needs
Data de Defesa: 10-Nov-2011
Resumo: Um olhar sobre a Expressão Plástica revela-nos uma forma de comunicação onde a criança transmite o que não consegue dizer por palavras. O desenho constitui uma verdadeira comunicação consigo própria, extraindo do seu meio os aspectos com as quais se identifica, procurando organizá-los no seu mundo. Se observarmos os desenhos que fazem, facilmente verificamos que a criança imprime grande intensidade no registo que concretiza. Não está só em causa as formas que as crianças registam, mas também o grau de interesse e emoção que colocam no seu desenho. A presente investigação centra-se na análise de dois registos gráficos. Foram desenvolvidas duas actividades de Expressão Plástica, uma de expressão livre e outra de expressão condicionada. Serviram de base de recolha de dados do nosso estudo, a análise detalhada dos registos gráficos (desenhos). A amostra é constituída por seis crianças com Necessidades Educativas Especiais (NEE), de ambos os sexos, cujas idades oscilam entre os sete e os oito anos, a frequentar o 2º ano de escolaridade do 1º Ciclo do Ensino Básico, em Escolas Monsenhor Elísio Araújo, concelho de Vila Verde. Os registos gráficos das crianças, participantes deste estudo, espelharam bem as mensagens propostas, assim como os conceitos adquiridos. Com este estudo ponderamos que a implementação correcta e contínua da área da Expressão Gráfica é fundamental pois, além de desenvolver as competências gráficas da criança e ampliar a sua forma de representação, possibilita uma forma de escrita livre, outra forma de expressão.
Visual Arts reveal a form of communication which conveys what the child is not able to express through words. Drawing is a true personal means of communication. Children extract from their own environment some aspects with which they identify themselves with and then organize them in their own little world. If we focus on the drawings they produce, we can easily verify that the child transmits great intensity in them, not only on the shapes that the child uses, but also the degree of interest and excitement that they lay in the drawing. This investigation is centered on the analysis of two graphical registries. For two activities, one letting the subject use all his/her free expression and a second one in which he/ she were conditioned through instructions to be followed. The basis for a detailed data analysis were the graphical impressions (drawings) created by the subjects. The sample consists of six (6) children with Special Educational Needs (SEN), from both genders, whose ages are between seven or eight years of age, currently attending the 2º year of Primary School in the school group Monsenhor Elísio Araújo, in Vila Verde. The graphic registries made by the children participating in this study, were a faithful “mirror” of the proposed messages and acquired concepts. With this study we consider that the correct and continuous implementation of Graphical Expression Area is fundamental because, besides developing the graphical competences of the child and enhance her form of representation it enables a form of free writing, another form of expression.
URI: http://hdl.handle.net/10400.14/9469
Aparece nas colecções:R - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations
FCS - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Temporario.pdf9,29 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.