Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.14/9420
Título: O parto desejado : expectativas de um grupo de grávidas
Autor: Guerra, Maria João Jacinto
Orientador: Vieira, Margarida Maria da Silva
Cardoso, Alexandrina
Data de Defesa: Nov-2010
Resumo: O parto representa um evento marcante na transição para a maternidade com repercussões a nível da ligação afetiva entre a mãe e o recém-nascido. Sabemos que as expectativas criadas ao longo da gravidez e à volta do parto são fatores de influência positiva ou negativa para a experiência do mesmo. Importa por isso conhecer quais são estas expectativas, para assim orientar as intervenções durante o parto, visando proporcionar uma experiência mais positiva para as mulheres. Foi realizado um estudo qualitativo, do tipo descritivo, com o objetivo de conhecer as expectativas das grávidas em relação ao parto e perceber qual o seu conceito de parto natural. A amostra foi constituída por nove grávidas no segundo e terceiro trimestre de gravidez, a realizar a sua vigilância de gravidez no Centro de Saúde de Paços de Ferreira. Foram realizadas entrevistas semiestruturadas, após o preenchimento de um formulário para caracterização demográfica. Os discursos recolhidos foram analisados com recurso ao programa NVivo8 e utilizando uma metodologia de acordo com a Grounded Theory recorrendo à categorização aberta. Desta análise surgiu uma categoria principal - as expectativas do parto - com as subcategorias: expectativas face ao local do parto, quanto ao tipo de parto, face ao controlo da dor de trabalho de parto, face ao papel do acompanhante e face aos profissionais. A análise dos dados recolhidos mostra que as expectativas em relação ao parto são de que “tudo corra bem”, o desejo de um parto rápido e sem dor, ou pelo menos com uma dor tolerável, e que a criança nasça sem problemas e saudável. O papel a desempenhar pelo acompanhante será de apoio através da sua presença junto da parturiente. Dos profissionais é espectável um atendimento competente, em que a atenção e valorização das necessidades das parturientes, o acompanhamento individualizado e a disponibilização da informação sobre a evolução do trabalho de parto são considerados essenciais, sendo também valorizada a possibilidade de uma participação nas decisões tomadas durante o processo. A conclusão do estudo realizado salienta que as grávidas que participaram no estudo consideram que as decisões a tomar durante o parto pertencem aos profissionais, e não assumindo como suas essas mesmas decisões.
Birth represents a landmark event in the transition to motherhood with an impact on the emotional bond between mother and newborn. The expectations raised during pregnancy around the delivery can be a positive or negative influence on the quality and satisfaction with the experience of birth. The knowledge of these expectations will guide the professional’s interventions during labor aiming a more positive experience. The present study was realized with the aim to know what expectations had pregnant women about their childbirth and realize what their concept of natural childbirth was. It is a qualitative descriptive study. The sample is consisted on nine pregnant women who were in the second and third trimester of pregnancy and were monitoring their pregnancy in the Health Center of Paços de Ferreira. Semi-structured Interviews were conducted after completing a demographic form. The collected speeches were analyzed using the program NVivo 8 and it was used the Grounded Theory methodology using the open categorization. From the analysis emerged a major category - the expectations of childbirth – and the subcategories: expectations regarding the place of delivery, the type of delivery, the control of pain in labor, the role of caregiver and the role of professionals. The analysis show that the expectations for delivery are that "everything goes well”, and the desire of a quick and painless childbirth, or at least with a manageable pain, and that the child will be healthy and without any problems. The presence of the supporting person is considered important. The role of the professionals expected is of a competent service, where the attention and appreciation of the needs of pregnant women, an individualized guidance and the provision of information on the progress of labor are considered essential. Women also valued the opportunity to be involved in the decisions made during the labor and expect to have a good outcome and experience of birth. However the conclusions results that women delegate in the professionals the decisions to be made during delivery considering them the ones in the knowledge to do it
URI: http://hdl.handle.net/10400.14/9420
Aparece nas colecções:R - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Dissertação_final_convertido.pdf982,73 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.