Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.14/9353
Título: Do hospital para casa : estrutura da acção de enfermagem
Autor: Pereira, Isabel Carvalho Beato Ferraz
Orientador: Silva, Abel Avelino de Paiva e
Palavras-chave: Pessoa dependente
Autocuidado
Membro da família prestador de cuidados
Preparação do regresso a casa
Dependent person
Self-care
Members of the family caregiver
Preparing the re-turning home
Data de Defesa: Nov-2011
Resumo: O envelhecimento da população e o aumento das doenças crónicas potencialmente incapacitan-tes conduzem a situações de dependência e de vulnerabilidade, não só para as pessoas depen-dentes no autocuidado, como também para os membros da família prestadores de cuidados (MFPC). A falta de experiência de alguns MFPC, a complexidade dos cuidados e as insuficien-tes estruturas de apoio exigem dos enfermeiros uma particular atenção. Este estudo centra-se no processo de preparação do regresso a casa (PPRC) dos MFPC de pes-soas dependentes no autocuidado. Tem por finalidade estruturar a ação de enfermagem, visan-do aumentar o repertório de recursos internos do MFPC, para fazer face aos desafios colocados pela transição para o papel de prestador de cuidados. Centrado no paradigma construtivista, desenhou-se um percurso de investigação-ação, no qual o investigador interagiu com os participantes (enfermeiros) no sentido de, em conjunto, os aju-dar a construir o processo de mudança. O trabalho foi desenvolvido numa unidade de interna-mento hospitalar do Distrito de Lisboa. A análise dos modelos em uso permitiu a reflexão na ação e sobre a ação. O processo envolveu mudanças na forma de pensar e agir dos enfermeiros, exigindo a utilização de novas regras que deram corpo a uma nova forma de posicionamento e interação com os MFPC. Propôs-se, as-sim, uma teoria consubstanciada pela interligação de dois subprocessos, distintos mas comple-mentares: a Natureza do processo e o Processo da ação. O processo enfatiza a necessidade de o enfermeiro identificar: a oportunidade de desenvolvimento, a consciencialização da necessi-dade, a disposição para desenvolver a mestria, que caracteriza a transição saudável; o desejo de participação e a avaliação da capacidade do MFPC para o exercício do papel. A partir do modelo foi possível documentar as competências de enfermagem promotoras das transições saudáveis, assim como avaliar o impacte da mudança no modelo de exercício profissional cen-trado nos MFPC.
Aging population and increasing chronic diseases lead to potentially debilitating situations of dependency and vulnerability, not only for self-care dependent person, but also for members of the caregiver family (MFC). The lack of experience of some MFC, the complexity of care and insufficient support structures require, for nurses, a specific attention. This study focuses the process of preparing the MFC to deliver self-care to the dependent per-son returning home after the hospital discharge. Its purpose is to structure the nursing actions in order to increase the repertoire of MFPC’s internal resources and, thus, meet the challenges posed by the transition to the caregiver role. Centered in the constructivist paradigm, we drew up a course of action - research where the researcher interacted with the participants (nurses) in the sense that, together they could help building the changing process. The study was conducted in a patient unit of a hospital in Lis-bon. The analysis of models in use allowed us the reflection both in and on action. The process in-volved changes in nurses thinking and acting, requiring the use of new rules that gave a new way to position themselves and interact with MFPC. We propose a theory substantiated by the interconnection of two sub-processes, distinct but complementary: Nature of the process and the Procedure of the action. The process emphasizes the need for nurses to identify: the oppor-tunity for development, awareness of the need, willingness to develop the artistry which charac-terizes the healthy transition, the desire to participate and evaluate the ability of MFC to exer-cise the role. From the model, it is possible to document the nursing abilities which promote healthy transitions as well as evaluate the impact of change in the model of professional prac-tice focused on MFC.
URI: http://hdl.handle.net/10400.14/9353
Aparece nas colecções:ICS(L) - Teses de Doutoramento / Doctoral Theses
R - Teses de Doutoramento / Doctoral Theses

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
TESE - Do hospital para casa 24-9-2013 - 2.pdf5,42 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.