Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.14/9276
Título: Evolução da concorrência nas telecomunicações móveis : estudo em seis países da UE (2006 a 2010)
Autor: Eufrasia, Alexandre Alvares
Orientador: Gonçalves, Ricardo Landeiro de Sousa
Data de Defesa: Ago-2011
Resumo: O principal objectivo desta tese de mestrado é avaliar a evolução, entre 2006 e 2010, da concorrência no mercado móvel das telecomunicações em Portugal, Espanha, Itália, Reino Unido, Alemanha e França. Para tal, são utlizadas a Price-Cost Margin (PCM) e a Relative Profits Measure (RPM). A PCM é um indicador assente tanto nas quotas de mercado das empresas num determinado mercado, como na margem preço-custo marginal das mesmas. A RPM, baseia-se na ideia que, perante uma intensificação da concorrência, as empresas mais eficientes ganham “lucros variáveis” face às restantes. O seu valor é obtido através da estimação de uma regressão entre os “lucros variáveis” e os custos variáveis médios das empresas, e é dado pelo coeficiente destes. Os dados utilizados neste estudo são retirados dos Relatórios e Contas anuais das empresas participantes neste mercado. Os “lucros variáveis” são representados pelo EBITDA (Earnings Before Interest, Taxes, Depreciation and Amortization), enquanto os custos variáveis médios são dados pelo rácio custos variáveis-receitas. Em alguns casos, por não ser possível obter os dados pretendidos nos relatórios e contas, torna-se necessário estimar valores, com base em pressupostos racionais. Os resultados obtidos sugerem que há dois períodos relevantes dentro destes cinco anos. De facto, entre 2006 e 2007, ambos os indicadores apontam para um aumento da concorrência na generalidade destes países (Espanha é a única excepção), enquanto que, entre 2008 e 2010, as tendências da evolução variam de país para país. Quando considerado o conjunto de operadores presentes nestes seis países como um mercado único, a RPM e a PCM indicam uma manutenção do nível da concorrência entre 2006 e 2010. A análise dos relatórios das empresas permitiu ainda elencar um conjunto de factores que ajudam a explicar a evolução do sector nos últimos anos, dos quais se realçam a crise financeira, a evolução tecnológica e a regulação. Do exposto anteriormente, resulta que este estudo interessa, por um lado, às empresas do sector móvel, que poderão beneficiar de um trabalho em que não só é analisada a evolução da concorrência em vários mercados, mas também as linhas de actuação dos seus operadores; e, por outro, às de outros ramos e aos diferentes reguladores, uma vez que a metodologia de medição da concorrência aqui apresentada pode ser útil para a escolha da melhor estratégia, em função da realidade do mercado e dos seus objectivos.
URI: http://hdl.handle.net/10400.14/9276
Aparece nas colecções:R - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations
FEG - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations



FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.