Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.14/9180
Título: Trabalho partilhado entre famílias de alunos com dificuldade intelectual e desenvolvimental e os professores: a pertinência e a atualidade
Autor: Almeida, Celeste Torres
Ribeiro, Célia
Simões, Cristina
Palavras-chave: Interação
Famílias
Alunos
Dificuldade Intelectual e Desenvolvimental
Professores
Interaction
Families
Students
Development and Intellectual Difficulties
Teachers
Data: 2011
Editora: Universidade Católica Portuguesa. Departamento de Economia, Gestão e Ciências Sociais
Citação: ALMEIDA, Celeste Torres ; RIBEIRO, Célia ; SIMÕES, Cristina - Trabalho partilhado entre famílias de alunos com dificuldade intelectual e desenvolvimental e os professores: a pertinência e a atualidade. Gestão e Desenvolvimento. Viseu. ISSN 0872-556X. Nº 19 (2011), p. 229-247.
Resumo: Conhecer a forma como as famílias de alunos com Dificuldade Intelectual e Desenvolvimental (DID) veem a interação com os professores de educação especial e do ensino regular e como estes dão resposta às suas necessidades, adequam os procedimentos, respostas educativas e apoios, tendo sempre em mente favorecer o crescimento e desenvolvimento destes alunos, foi o objetivo central deste estudo. As mudanças que, de um modo geral, se vão operando, decorrem de vários fatores: de ordem política, social, económica, judicial, científica e humanitária. Esta problemática assume uma pertinência atual, pois a própria evolução do apoio a alunos com Necessidades Educativas Especiais (NEE ) e suas famílias, em ambientes menos restritivos, coloca novos desafios à escola do ensino regular no que se refere às formas de interagir e colaborar com estas. Contudo, esta mudança só será produtiva e geradora de sucesso, se a encararmos enquanto processo partilhado, própria de uma organização flexível e que pretendemos inclusiva. Através de um estudo de tipo qualitativo, realizamos nove entrevistas a famílias responsáveis por alunos com DID, distribuídas pela zona centro, nomeadamente de agrupamentos de escolas dos distritos de Viseu, Coimbra e Aveiro. Das conclusões retiradas deste estudo, e em termos genéricos, podemos dizer que a interação dos dois profissionais de educação com as famílias revelou um notório contraste relativamente a procedimentos e práticas. Knowing the way families of students who have development and intellectual difficulties (DID) see the interaction between special needs teachers and regular teachers and the way they respond to their needs, adequate procedures, give answer to the educational needs, having the growth and the development of these students in mind, has been the main purpose of this study. The changes that take place are, most of all, because of political, social, economic, judicial, scientific and humanitarian reasons. This is a pertinent problem because the evolution of the support given to students with learning disabilities and their families, in less restricted environments, places new challenges to regular schools in what concerns new ways of interacting and collaborating with them. Nevertheless, this change will only be productive and successful if we see it as a shared process of an inclusive school with a flexible organization. Through a qualitative study, we interviewed nine families that are responsible for students with DID, in the centre of Portugal, more specifically in Viseu, Coimbra and Aveiro. We concluded, in general, that the interactions between the two education professionals with the families showed a relevant contrast in procedures and actions.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.14/9180
ISSN: 0872-556X
Aparece nas colecções:RGD - Nº 019 (2011)

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
gestaodesenvolvimento19_229.pdf286,29 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.