Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.14/9084
Título: A reconfiguração do Estado-Providência
Autor: Marques, Jacqueline
Palavras-chave: Estado-Providência
Questão social
Welfare state
Social question
Data: 2008
Editora: Universidade Católica Portugeusa. Departamento de Economia, Gestão e Ciências Sociais
Citação: MARQUES, Jacqueline - A reconfiguração do Estado-Providência. Gestão e Desenvolvimento. Viseu. ISSN 0872-556X. Nº 15-16 (2007-2008), p. 105-119.
Resumo: Este artigo tem como objectivo compreender a crise e reconfiguração do Estado-Providência. Uma crise relacionada com o sistema de emprego e com o desaparecimento da função integradora do trabalho, levando a uma conversão da crise do emprego em crise social. Neste contexto surgem novos problemas e desafios que implicaram uma transformação na questão social própria da modernidade, impondo uma reconfiguração do Estado-Providência. De entre as diferentes alternativas destacam-se aquelas que recolocam o Estado como actor fundamental nas reformas – Estado-incentivador, Estado-animador, Estado impulsionador – capaz de partilhar, sob o princípio da subsidiariedade, com os actores privados o desenvolvimento de políticas públicas. Nesse sentido, impõem-se, na actualidade, uma redefinição do Estado-Providência que o torne mais eficiente e capaz de enfrentar os velhos e os novos riscos sociais, de modo a garantir a justiça social. This article aims to understand the crisis and the reconfiguration of the welfare state. A crisis related to the employment system and with the disappearance of the integrative function of labor, leading to a conversion of the employment crisis in social crisis. In this context there are new problems and challenges that suggest a transformation in the social question of modernity itself, requiring a reconfiguration of the welfare state. Among various alternatives highlight those that replace the state as a key actor in the reforms – incentive State, encouraging State, propelling State - able to share, under the principle of subsidiarity, with the private sector to develop public policies. In this sense, are binding, in actuality, a redefinition of the welfare state to make it more efficient and able to face the old and the new social risks, to ensure social justice.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.14/9084
ISSN: 0872-556X
Aparece nas colecções:RGD - Nº 015-016 (2007-2008)

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
gestaodesenvolvimento15_16_105.pdf214,57 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.