Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.14/8928
Título: Sons e silêncios : musicoterapia no tratamento de indivíduos com perturbações do espectro do autismo
Autor: Fernandes, Patrícia Raquel Silva
Orientador: Ponte, Filomena Ermida da
Palavras-chave: Música
Musicoterapia e Perturbação do Espectro do Autismo
Music
Music Therapy and Autism Spectrum Disorder
Data de Defesa: 30-Abr-2012
Resumo: O transpor um objectivo para as páginas de um trabalho que aspiramos realizar, assume, a nosso ver, grande responsabilidade mas concomitantemente, um enorme conforto pelo empenhamento em prestar um serviço, que cremos de utilidade pública e de interesse prático partilhável. Este estudo tem como propósito, demonstrar de que forma a musicoterapia, como técnica terapeuta, pode contribuir para o desenvolvimento integral e harmonioso, no sentido de uma boa integração social, comportamental, cognitiva e emocional de indivíduos com Perturbação do Espectro do Autismo. Sendo a Música universal e tão essencial como a linguagem, neste estudo abordamos a Musicoterapia que, como técnica aplicada a indivíduos com necessidades educativas especiais (NEE), pode ser vista como uma indispensável terapia que utiliza a música com o objectivo de desenvolver potencialidades nos indivíduos. A metodologia utilizada é de natureza qualitativa e quantitativa. Ponderando a adequação dos participantes aos objectivos da investigação, recorremos a uma selecção não aleatória dos mesmos, ou seja, a uma amostragem não probabilística. Para a obtenção de informações recorremos a análises documentais, questionários, entrevista e registos de observação. Concluímos que a Musicoterapia é, de facto, um trilho que explora a dimensão humana em toda a sua complexidade, emergindo canais de comunicação e cuja propagação tem possibilitado recentes e consistentes perspectivas de intervenção nos indivíduos com diagnóstico de Perturbações do Espectro do Autismo. Contudo, não devemos fazer abstracções dos mesmos devido às características individuais e aos diferentes graus de severidade que se observam nesta população.
Transferring an objective to the pages of a job we aspire to undertakes, in one´s opinion, a great responsibility but simultaneously, a great comfort in the commitment to provide a service, which one believes to be a shareable public and practical interest. This study aims to demonstrate how music therapy, as a therapist technique, may contribute to the full and harmonious development, towards a good social, behavioral, cognitive and emotional integration development of individuals whit Autism Spectrum Disorder. Being the Music universal and as essential as language, Music Therapy approaches in this study that, as a technique applied to individuals whit special educational needs (SEN), can be seen as an essential therapy that uses music in order to develop potential on individuals. The methodology used is of a qualitative and quantitative nature. Considering the appropriateness of the objectives to the research participants, one uses a random selection of them, meaning, a non-probability sampling. In order to obtain information one resorted to desk reviews, questionnaires, interview and observation records. One concludes that Music Therapy is, in fact, a trail that explores the human dimension in all its complexity, emerging channels of communication and whose spread has recently and consistently enabled intervention perspectives on individuals diagnosed whit Autism Spectrum Disorders. However, we must not do deductions out of these examples due to individual characteristics and different degrees of severity that are observed on this population.
URI: http://hdl.handle.net/10400.14/8928
Aparece nas colecções:R - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations
FCS - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Tese Patrícia Final.pdf1,7 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.