Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.14/8866
Título: A influência do empenhamento organizacional e profissional dos enfermeiros nas estratégias de resolução dos conflitos
Autor: Pinho, Paula Maria de Alegria
Orientador: Albuquerque, Carlos
Palavras-chave: Empenhamento Organizacional
Empenhamento Profissional
Estratégias de Resolução de Conflitos
Enfermagem e Cuidados de Saúde Primários
Organizational Commitment
Professional Commitment
Conflict Resolution Strategies
Nursing and Primary Health Care
Data de Defesa: 3-Jan-2012
Resumo: As mudanças na área da saúde e o conjunto de alterações estruturais na profissão e carreira de enfermagem interferem na dinâmica e estabilidade do futuro dos enfermeiros forçando-nos a questionar se as organizações de saúde prosseguem os valores, interesses e objectivos profissionais dos enfermeiros. O objectivo deste trabalho é estudar a influência do empenhamento organizacional e profissional dos enfermeiros nas estratégias de resolução de conflitos. Trata-se duma pesquisa não experimental de natureza quantitativa e transversal, seguindo uma via descritivo-correlacional. Os dados foram obtidos através da aplicação de um questionário a 102 enfermeiros a exercer funções em diferentes tipos de unidades de Cuidados de Saúde Primários, existentes nos Agrupamentos de Centros de Saúde da Região Dão-Lafões, sendo a amostra, na maioria do sexo feminino (82,4%), com idade média de 39,33 anos. Como instrumentos de medida utilizámos três escalas que agrupam um total de nove subescalas que pretendem avaliar: o empenhamento organizacional, através do modelo adaptado de Meyer e Allen (1997), “ Organizational Commitment Questionnaire”, o empenhamento profissional, através “Attitudinal Commitment Scale‖, desenvolvida por Langford (1979) e as estratégias de resolução de conflitos através do – ―Rahim Organizational Conflict Inventory – II‖, constituido por 28 itens, que pretende medir a forma como os indiviuos lidam com as situações conflituais perante superiores (Forma A), subordinados (Forma B) e colegas (Forma C). A maioria dos enfermeiros apresenta scores moderados/elevados de empenhamento organizacional e de empenhamento profissional. Confirmam-se as hipóteses de que as algumas variáveis sociodemográficas e profissionais influenciam as estratégias de resolução de conflitos adoptadas pelos enfermeiros. Também, o empenhamento organizacional e profissional estão positivamente correlacionados entre si e influenciam as estratégias de conflitos adoptadas pelos enfermeiros. Espera-se que gestores e colaboradores sejam preparados para fomentar e gerir os conflitos de forma adequada, para que estes se tornem um motor de inovação e desenvolvimento dentro das organizações.
The changes in the health area and the set of structural changes in the nursing profession and career interfere in the dynamics and stability of the future of the nurses forcing us to question whether health organizations pursue the values, interests and goals of professional nurses. The aim of this work is to study the influence of organizational and professional commitment of the nurses in the strategies of conflict resolution. This is a quantitative, transversal and non-experimental research, following a descriptive-correlational way. Data were obtained by applying a questionnaire to 102 nurses that work on different types of Primary Health Care Units, of the various Health Centres of Lafões Area. The sample is mostly female ( 82,4%), with the average age of 39,33 years. As measuring instruments we used three scales that grouped a total of nine subscales used to evaluate: the organizational commitment, through the model adapted from Meyer and Allen (1997), "Organizational Commitment Questionnaire," the professional commitment through "Attitudinal Commitment Scale" developed by Langford (1979) and the strategies of conflict resolution through the - "Rahim Organizatioal Conflict Inventory - II", formed by 28 items, which aims to measure how individuals deal with conflict situations towards their superiors (Form A), their subordinates (Form B) and their colleagues (Form C). The majority of nurses present moderate / high scores of organizational commitment and of Professional commitment. The study confirmed the hypothesis that certain sociodemographic and professional variables influence the strategies of conflicts adopted by nurses. Also, the organizational and professional commitments are positively correlated with each other and they influence the strategies of conflicts adopted by nurses. It is expected that managers and collaborators are prepared to promote and manage conflicts appropriately, so that they can become a motive of innovation and development within organizations.
URI: http://hdl.handle.net/10400.14/8866
Aparece nas colecções:R - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations
DEGS - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Tese.pdf3,82 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.