Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.14/8808
Título: Qualidade de vida em doentes com Polineuropatia Amiloidótica Familiar Tipo 1 após três anos do transplante hepático e sua relação com a psicopatologia
Autor: Eiras, Cátia Virgínia da Cruz
Orientador: Ramos, Rui
Palavras-chave: Qualidade de Vida
Factores Psicopatológicos
Polineuropatia Amiloidótica Familiar Tipo 1
Transplante Hepático
Quality of Life
Psychopathological Factors
Familial Amyloid Polyneuropathy Type I
Hepatic Transplantation
Data de Defesa: 20-Mar-2012
Resumo: Este estudo teve como objectivo principal, avaliar a Qualidade de vida em Pacientes com Polineuropatia Amiloidótica Familiar Tipo 1 (PAF) que tenham realizado o transplante hepático há pelo menos três anos. Depois pretendíamos analisar os efeitos da Psicopatologia e de algumas Variáveis Sócio – Demográficas e Clínicas (Sexo, Idade e Profissão Após – Transplante) na qualidade de vida destes mesmos doentes. Neste projecto, foram aplicados um Questionário Sócio – Demográfico e dois instrumentos: o Inventário de Sintomas Psicopatológicos -BSI validado por Canavarro (1999) e o Questionário de Qualidade de Vida – SF36 v2, adaptado por Ferreira (2000). A amostra utilizada para este estudo foi constituída por 50 doentes com Polineuropatia Amiloidótica Familiar Tipo 1, submetidos há pelo menos três anos ao transplante hepático dos Núcleos de Paramiloidose de Esposende, de Barcelos, de Vila do Conde e de Braga. Os resultados demonstraram que estes indivíduos apresentam uma Qualidade de Vida Geral e Mental satisfatória, encontrando-se os valores mais baixos na Componente Física, nomeadamente, nas dimensões da Função Física e na Saúde Geral. Volta-se a destacar o facto do transplante hepático, provocar uma melhoria da Qualidade de Vida destes doentes principalmente após os primeiros anos do transplante mantendo-se esta melhoria a longo prazo, como foi verificado no nosso estudo. Relativamente aos Factores Psicopatológicos, o factor que mais deteriora a Qualidade de Vida Geral é a Ansiedade Fóbica. No que diz respeito às Variáveis Sócio – Demográficas e Clínicas do Sexo, Idade e Profissão Após Transplante, a que mais influencia a Qualidade de Vida destes doentes é a Profissão Após Transplante.
This study aimed at assessing the Quality of Life in Patients with Familial Amyloid Polyneuropathy Type I (FAP) who have realized hepatic transplants at least at three years. After, we wanted to analyze the effects of psychopathology and some socio-demographic and clinical variables (Sex, Age and Profession After Transplantation) at quality of life of these same patients. In this project, we applied a socio-demographic questionnaire and two instruments: the Psychopathological Symptom Inventory – BSI validated by Canavarro (1999) and Quality of Life Questionnaire – SF36 v2, adapted by Ferreira (2000). The sample used for this study was consisted of 50 patients with Familial Amyloid Polyneuropathy Type I, subjected at least at three years ago the hepatic transplantation of the Paramiloidose Centers of Esposende, Barcelos, Vila do Conde and Braga. The results show that these individuals present a Quality of Life General and Mental satisfactory, being the lowest values in the Physical Component, particularly in the dimensions of the Physical Function and the General Health. Stands out again the fact that hepatic transplantation lead to an improvement Quality of Life of these patients, especially after the first years of the transplantation, keeping this long-term improvement, as verified at our study. Relatively at Psychopathological Factors, the factor that deteriorates the most the Quality of Life General is the Phobic Anxiety. Regarding the Socio-Demographic Variables and Clinical of the Sex, Age and Profession After Transplantation, which influences the Quality of Life of these patients is the Profession After Transplantation.
URI: http://hdl.handle.net/10400.14/8808
Aparece nas colecções:R - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations
FF - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
tese novo[1].pdf2,39 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.