Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.14/8795
Título: El Evangelio segun Tomás : otra lectura de Jesús?
Autor: Puig i Tàrrech, Armand
Data: 2006
Editora: Faculdade de Teologia da Universidade Católica Portuguesa
Citação: PUIG i TÀRRECH, Armand - El Evangelio segun Tomás : otra lectura de Jesús?. Didaskalia. Lisboa. ISSN 0253-1674. 36:2 (2006) 71-105
Resumo: O carácter heterogéneo dos textos que circulavam entre os monges do Alto Egipto, nos séculos IV-V, aprecia-se bem na composição do vaso que continha a biblioteca de Nag Hammadi. A segunda obra do segundo códice de Nag Hammadi é o auto-denominado «Evangelho segundo Tomé». Tomé move-se num amplo espectro de paralelos e alusões, que incluemtoda a tradição sinóptica (Q,Mc,Mt, Lc,M, L) e João (Paulo e o AntigoTestamento devem ser excluídos). Registam-se assim contactos com todos os canais da tradição evangélica.Mas, por outro lado,Tomé contém um bom número de sentenças com um claro ou relativo sabor gnóstico, que carecemde paralelo na tradição primitiva de Jesus. Como é que, atravessado por esta tensão, o texto de Tomé é susceptível de integrar e iluminar o dossier do Jesus histórico?
The heterogeneous character of the texts that circulated among monks in Upper Egypt, in the 4th and 5th centuries, may be appreciated from the make up of the earth en ware jar that contained the library of Nag Hammadi.The second work in the second codex of Nag Hammadi is the self-styled “Gospel according to Thomas”. Thomas moves within a wide spectrum of parallels and allusions, which include all of the synoptic tradition (Q,Mk,Mt,Lk,M, L) and John (Paul and the Old Testament should be excluded).Thus there are records of contacts of all of the channels of the Evangelical tradition. But, on the other hand,Thomas contains a good number of statements with a clear or relative Gnostic flavour, which lack any parallel in the original Jesus tradition. How, then, riddled as it is with this conflict, can Thomas’ text form part of and illuminate what we know of the historical Jesus?
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.14/8795
ISSN: 0253-1674
Aparece nas colecções:RD - 2006 - Vol. 036 - Fasc. 2

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
V03602-071-105.pdf356,58 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.