Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.14/8656
Título: Caracterização do voluntário na doença oncológica : relação com o optimismo
Autor: Oliveira, Lucília Maria Maia
Orientador: Veiga, Elisa
Data de Defesa: 2009
Resumo: As características da personalidade, bem como os sentimentos positivos surgem frequentemente associados ao voluntariado. Assim, decidiu-se estudar o optimismo, no sentido de compreender a sua relação com os voluntários em contexto oncológico pediátrico. O presente trabalho apresenta como objectivos caracterizar os voluntários que exercem a sua actividade em contexto oncológico pediátrico e explorar diferenças de grupos relativamente ao tempo de experiência de voluntariado, à percepção da satisfação com o suporte social, aos acontecimentos de vida, às estratégias de coping e à motivação quanto ao optimismo. O estudo foi realizado junto de 50 participantes que exercem voluntariado em contexto de doença oncológica pediátrica. Os voluntários responderam a uma ficha Sócio-Demográfica, ao Extended Life Orientation Test -Versão Portuguesa (ELOT-PT) e ao Brief Symptom Inventory (BSI) que foi usado especificamente como critério de exclusão. Relativamente à caracterização dos voluntários os resultados revelaram que maioria dos participantes não referenciou ter experienciado qualquer acontecimento de vida stressante, o altruísmo foi considerado a principal motivação para a prática de voluntariado, os voluntários utilizaram mais frequentemente estratégias centradas na resolução do problema e percepcionaram seu apoio social como satisfatório e presente nas suas vidas. No que concerne ao optimismo, os resultados demonstraram que este é influenciado pela motivação e a pelos acontecimentos de vida. Mais especificamente, os voluntários motivados por razões altruístas e sem acontecimentos de vida apresentam maiores níveis de optimismo.
Personality traits, as well as positive feelings, frequently appear connected to volunteering. Thus, it has been decided to study optimism, aiming to understand its connection with volunteers in paediatric oncology context. This investigation proposes as objectives, to characterize volunteers who play their role in paediatric oncology environments and explore the differences between groups, regarding time of experience in volunteering, social support satisfaction perceptions, life events, coping strategies and motivation in relation to optimism. The study was engaged among 50 subjects, exercising volunteer activity in paediatric oncology ailment context. These volunteers answered to a Socialdemographic query, to the Extended Life Orientation Test- Portuguese Version (ELOPPT) and to the Brief Symptom Inventory (BSI), which was specifically used as an exclusion criterion. Regarding the volunteers characterization, the results revealed that most of them didn’t mention having experienced any stressing life event, altruism was considered the main motivation to the volunteering activity, volunteers used more frequently those strategies centred on problem solving and perceive their social support as satisfactory and present in their lives. In what concerns to optimism, the results have revealed it’s affected by motivation and by life events. More specifically, volunteers motivated by selfless reasons and without life events, display higher levels of optimism.
URI: http://hdl.handle.net/10400.14/8656
Aparece nas colecções:R - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations
FEP - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Temporario.pdf9,29 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.