Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.14/8646
Título: Experiência cristã : especificidade e equívocos : A propósito da expressão «viver pelo Espírito» (Gal 5, 25)
Autor: Terra, Domingos
Data: 2008
Editora: Faculdade de Teologia da Universidade Católica Portuguesa
Citação: TERRA, Domingos - Experiência cristã : especificidade e equívocos : A propósito da expressão «viver pelo Espírito» (Gal 5, 25). Didaskalia. Lisboa. ISSN 0253-1674. 38:1 (2008) 89-112
Resumo: Sumário: A ideia de S. Paulo «viver pelo Espírito», enunciada em Gal 5, 25, motiva uma reflexão sobre a singularidade da experiência cristã. Convida a perceber os enganos a que esta está sujeita, na nossa era de sede espiritual. Tal experiência atribui a primazia a Deus, que se dirige ao ser humano no exercício da sua liberdade soberana. Importa ter isto assente, antes de tomar consciência da confusão em que a noção de ‘espiritual’se vê hoje mergulhada. Aparece a designar realidades, por vezes, contraditórias entre si. Assistimos, de facto, a uma nova onda de buscas de sentido, de expressão social e cultural considerável, habitualmente apelidadas de ‘espirituais’. Reclamam-se de carácter religioso, mesmo contendo aspectos que contradizem tal pretensão. Chegam ao ponto de se misturarem com o crer cristão, podendo pervertê-lo com a lógica do ‘saber’que lhes é própria.
The notion of St. Paul «to live by the Spirit», expressed in Gal 5, 25, motivates a reflection on the singularity of the Christian experience. It invites to understand the errors to which this one is subject in our time of spiritual thirst. Such experience confers the primacy to God, who addresses himself to the human being acting according to his sovereign freedom. It is important to have this point settled, before becoming aware of the confusion in which the notion of ‘spiritual’ is immersed today. It designates realities sometimes contradicting one another. In fact, we witness a new wave of searches of meaning usually named as ‘spiritual’, with a considerable social and cultural expression. They claim to be of religious character, even though they contain aspects that contradict such a pretension. They go so far as to mingle with the Christian faith and possibly pervert it with the logic of ‘knowing’ proper to them.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.14/8646
ISSN: 0253-1674
Aparece nas colecções:RD - 2008 - Vol. 038 - Fasc. 1

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
V03801-089-112.pdf151,14 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.