Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.14/8645
Título: Le frontiere dell’evangelizzazione
Autor: Battaglia, Gino
Data: 2008
Editora: Faculdade de Teologia da Universidade Católica Portuguesa
Citação: BATTAGLIA, Gino - Le frontiere dell’evangelizzazione. Didaskalia. Lisboa. ISSN 0253-1674. 38:1 (2008) 69-88
Resumo: No limiar do terceiro milénio, quando a Igreja Católica repensa os confins da própria responsabilidade, o ano dedicado a São Paulo constitui um desafio a percorrer os cenários nos quais a Igreja é chamada a comunicar o Evangelho. Sobreviverá a Igreja ao segundo milénio de Cristo? O cristianismo – parece – transformar-se-á profundamente. Será cada vez mais popular, negro (ou certamente não-branco em predominância), muito mais sincretista, carismático e, por vezes, sectário. São as questões actuais que se vivem na América Latina e na África negra sub-sahariana. Existe, depois, a grande questão da Ásia, que contém em si mundos muito diversos: o Próximo-Oriente com as suas comunidades cristãs, antiquíssimas e em grande sofrimento; a Ásia do Sul ou o Extremo Oriente, onde culturas milenárias e grandes religiões parecem impedir a difusão do cristianismo; a China e a Índia, motores da economia mundial de amanhã. Ainda hoje – como no tempo das primeiríssimas gerações cristãs – o mundo vive na expectativa. As suas rápidas transformações e os seus conflitos colocam questões novas à Igreja.
At the threshold of the third millenium, when the Catholic Church is rethinking the boundaries of its own responsibility, the year dedicated to Saint Paul constitutes a challenge that permeates the contexts in which the Church is called upon to communicate the Gospel. Will the Church survive beyond the second millenium of Christ? Christianity – it would seem – will undergo profound change. Will it be ever more popular, black (or certainly predominantly non-white), much more synchretic in style, more charismatic and, at times, more sectarian. These are the current questions being lived in Latin America and sub-Saharan Africa. Then there is the big question of Asia, which contains many different worlds within it: the Near East with its Christian communities, of great antiquity and undergoing great suffering; Southen Asia and the Far East, where cultures going back thousands of years and great religions would seem to impede the spread of Christianity; China and India, dynamos of today’s world economy. Still today – as in the time of the very first generations of Christians – the world lives in expectation. Its rapid transformations and its conflicts place new questions before the Church.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.14/8645
ISSN: 0253-1674
Aparece nas colecções:RD - 2008 - Vol. 038 - Fasc. 1

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
V03801-069-088.pdf136,13 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.