Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.14/8602
Título: Percepção do apoio psicológico hospitalar de utentes com cancro da mama e profissionais de saúde
Autor: Alves, Cidália Maria Luzia
Orientador: Gomes, Ana Célia Calapez
Data de Defesa: 2012
Resumo: Durante os últimos anos tem-se assistido a um aumento da incidência e da prevalência do cancro da mama. Actualmente, começa-se a reconhecer a importância da componente psico-emocional em relação ao desenvolvimento das mais diversas patologias, e não só a componente biológica e social como pesquisas anteriores defendiam. Pressupondo que existe uma correlação positiva entre os estados emocionais negativos e o desenvolvimento do cancro da mama, e tendo em consideração a importância do apoio social no tratamento desta doença, é importante perceber se os profissionais de saúde têm a mesma percepção que os utentes com cancro da mama acerca do apoio psicológico dado nas instituições hospitalares. E em que medida é que se poderia melhorar o funcionamento das equipas multidisciplinares, tendo em conta a percepção tanto de utentes, como de profissionais. Deste modo foi aplicado um questionário aos profissionais de saúde e um formulário e uma escala aos utentes com cancro da mama, realizando um estudo transversal e descritivo. Com isto, constata-se que, dos 57 indivíduos que constituem a amostra dos utentes com cancro da mama, 91,20% entendem que o apoio psicológico favorece a recuperação, bem como, a totalidade dos profissionais de saúde que constituíram a amostra. No entanto, 36,00% dos profissionais e 59,65% dos utentes percepcionam o apoio dado no hospital como inexistente ou reduzido. Segundo os profissionais de saúde a falta de comunicação interdisciplinar (60,00%) e a falta de motivação (40,00%) são os problemas que mais dificultam um adequado trabalho em equipa e, consequentemente o apoio ao utente.
Over the past few years have seen an increase in the incidence and prevalence of breast cancer. Today, we begin to recognize the importance of psycho-emotional component for the development of various pathologies, not only the biological and social components as previous research has argued. Assuming a positive correlation between negative emotional states and the development of breast cancer, and taking into account the importance of social support in dealing with this disease, it is important to realize that health professionals have the same perception that user with cancer breast about the psychological support given in hospitals. And to what extent that could improve the functioning of multidisciplinary teams, taking into account both the perception of users such as professionals. Thus a questionnaire was given to health professionals and a form and scale to users with breast cancer, making a cross-sectional descriptive study. With this, it appears that the 57 individuals in the sample of clients with breast cancer, 91.20% think that the psychological support promotes recovery, as well as all the health professionals who comprised the sample. However, 36.00% of the professionals and 59.65% of the users perceive the support given in the hospital and reduced or nonexistent. According to health professional’s lack of interdisciplinary communication (60.00%) and lack of motivation (40.00%) are the most difficult problems that a proper team work and thereby support the user.
URI: http://hdl.handle.net/10400.14/8602
Aparece nas colecções:R - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations
DEGS - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Temporario.pdf9,29 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.