Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.14/8599
Título: Perfis de resistência a antimicrobianos em Bactérias Gram-
Autor: Paupério, Sónia Teresa Neto Queirós
Orientador: Manaia, Célia
Data de Defesa: 2011
Resumo: Um total de 42 isolados Gram- e oxidase+ foram analisados. Estes isolados foram seleccionados de um grupo de 47 isolados, tendo por base a resistência aos antibióticos β-lactâmicos amoxicillina e/ou cefalotina e/ou ticarcilina. Para além da análise a estes antibióticos, as estirpes foram também caracterizadas quanto ao perfil de resistências relativamente ao painel de antibióticos constituído por: ceftazidima, meropenemo, sulfametoxazole, tetraciclina, sulfametoxazole-trimetoprim, gentamicina e ciprofloxacina, utilizando o método da difusão em agar. Nenhum destes isolados apresentou resistência à cefalosporina de 3ª geração ceftazidima ou ao carbapenemo meropenemo. Foi efectuada a detecção dos genes para as β-lactamases blaTEM, blaSHV, blaCTX-M, blaCphA, blaAMPc e blaOXA-B, por amplificação PCR, usando primers específicos. O gene mais frequentemente encontrado foi o blaAMP (11,9%), seguido dos genes blaTEM e blaCphA (7,14%). Os genes blaCTX-M e blaOXA-B não foram encontrados em nenhum dos isolados pesquisados. De entre os isolados evidenciando genes de β-lactamases, os que codificavam blaAMP, tinham o maior espectro de resistências a antibióticos. Devido ao pequeno número de isolados estudados, não foi possível demonstrar diferença significativa na presença de genes de β-lactamase e integrões de classe 1 durante o tratamento da água residual. A detecção das regiões variáveis dos integrões de classe 1 foi realizada por amplificação PCR em 15% dos isolados (7/47). A única cassete de genes encontrada, que podia explicar a resistência a streptomicina detectada, foi a cassete aadA2 em 2 dos 7 isolados com integrões classe 1. Não foi possível concluir se o tratamento de água residual podia promover a disseminação de determinantes de resistência embora fenótipos de resistência tivessem sido encontrados em isolados do efluente tratado.
A total of 42 isolates of Gram- and oxidase+ bacteria collected from a wastewater treatment plant were analysed. These isolates were selected from a group of 47 isolates, with basis on their resistance to β-lactam antibiotics, amoxicillin and/or cephalothin and/or ticarcilin. In addition to these β-lactam antibiotics, the strains were also characterized for their antimicrobial resistance to ceftazidime, meropenem, sulfamethoxazole, tetracycline, sulfamethoxazole-trimethoprim, gentamicin and ciprofloxacin, using the agar diffusion test. None of the isolates were resistant to the third generation cephalosporin ceftazidime or to the carbapenem antibiotic meropenem. Detection of the β-lactamase genes blaTEM, blaSHV, blaCTX-M, blaCphA, blaAMPc and blaOXA-B was performed by PCR amplification using specific primers. The most frequently detected gene was blaAMP (11,9%), followed by blaTEM and blaCphA (7,14%). The genes blaCTX-M and blaOXA-B weren´t found in any of the isolates. Among the isolates evidencing β-lactamase genes, the ones that encoded blaAMP, were those with larger antibiotic resistance spectra. Owing to the small number of isolates it was not possible to demonstrate significant difference in the presence of the β-lactamase genes and class 1 integrons during the waste water treatment. Detection of class 1 variable regions was performed by PCR, being found in 15% of the isolates (7/47). The only resistance gene cassette found that could explain the streptomicin resistance was aadA2 in 2/7 isolates with a class 1 integron. It was not possible to conclude if the waste water treatment could promote dissemination of resistance determinants, although resistance phenotipes were found in isolates from treated effluent.
URI: http://hdl.handle.net/10400.14/8599
Aparece nas colecções:R - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations
ESB - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Temporario.pdf9,29 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.