Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.14/8572
Título: Tradução e validação do "cuestionariode afrontamento al dolor crónico reducido (CAD-R)" na pessoa com dor crónica
Autor: Lima, Jorge Luís Machado do Vale
Orientador: Santos, Célia Samarina Vilaça Brito
Ribeiro, Ana Leonor Alves
Data de Defesa: Out-2008
Resumo: A dor crónica é um fenómeno complexo, multidimensional e um grande problema de saúde que afecta a qualidade de vida das pessoas que a experimentam. Para além da importância de avaliar a intensidade da dor e suas características, torna-se importante conhecer que estratégias de coping são utilizadas pela pessoa para enfrentar a dor. A ausência de instrumentos validados para a população portuguesa para avaliação das estratégias de coping utilizadas pela pessoa com dor crónica, esteve na origem deste trabalho. O presente estudo consistiu num estudo metodológico, descritivo e transversal que teve como objectivos traduzir, adaptar linguística e culturalmente e validar o “Cuestionário de afrontamiento al dolor crónico reducido (CAD-R)”; identificar as estratégias de coping utilizadas pela pessoa no controlo da dor crónica e identificar de que forma as variáveis sócio-demográficas se relacionam com as diferentes estratégias de coping utilizadas pela pessoa com dor crónica. O CAD-R foi desenvolvido por Soriano e Monsalve (2004), tendo por base o “Cuestionario de afrontamiento al dolor crónico (CAD)” (Soriano & Monsalve, 2002), com o objectivo de medir e avaliar as diferentes maneiras como a pessoa enfrenta a dor. A versão original foi traduzida para o idioma Português. Foi aplicado a uma amostra de 221 participantes com dor crónica, com seis ou mais meses de evolução. Após a análise dos componentes principais, o estudo da validade convergentediscriminante dos itens e a sua consistência interna foram excluídos 2 itens (item 2 e 5)da escala original porque baixavam o alpha de Cronbach da sub-escala a que pertenciam, ficando o CAD-R reduzido a 22 itens. A escala por nós traduzida é composta por seis componentes, que descrevem as principais estratégias de coping para enfrentar a dor, ordenadas segundo o peso da sua variância explicada em: Autocontrolo Mental, Religião, Auto-afirmação, Procura de Informação, Catarse e Distracção. Concluímos que o CAD-R constitui um instrumento independente e específico, indicado para avaliação das estratégias de coping utilizadas pela pessoa com dor crónica. Os resultados indiciam estarmos perante uma escala fiável e válida. Sentimos que a relevância desta temática não se esgota aqui. Os resultados obtidos são válidos para esta amostra, no entanto, consideramos importante a continuação do processo de validação deste instrumento, incluindo outras amostras e outras instituições hospitalares. Consideramos ainda importante a realização de um estudo longitudinal para melhor compreender este processo de adaptação à dor crónica, bem como, perceber de que forma determinadas características da personalidade de cada pessoa com dor influenciam o recurso a estratégias de coping. Entendemos também ser necessário identificar quais as estratégias de coping mais eficazes para cada pessoa, de forma a desenvolver programas de intervenção para um melhor controlo da dor, contribuindo para uma melhoria na qualidade de vida das pessoas com dor crónica.
Chronic pain is a complex and multi-dimensional phenomenon. It is a health problem which affects the quality of life of the people who experience it. Hence, it is important to assess the intensity of pain and its main characteristics, but also to know the coping strategies used by people who suffer from chronic pain. This thesis focuses on the absence of validated instruments to assess the coping strategies used by Portuguese chronic pain patients. This study is based on a methodological, descriptive and multi-faceted approach. Its goals were to translate, adapt and validate the “Cuestionário de afrontamiento al dolor crónico reducido (CAD-R)”, as well as to identify the coping strategies used by people in control of chronic pain and to classify in which way the socio-demographic variables are inter-related with those different coping strategies. The CAD-R was developed by Soriano and Monsalve (2004) and is based on the “Cuestionario de afrontamiento al dolor crónico (CAD)” (Soriano & Monsalve, 2002). Its objective is to measure and assess the different ways people face pain. The original version was translated into Portuguese. The study was used with a sample of 221 participants who have been suffering from chronic pain for more than six months. After analysing the main components, the validation study of the convergence/discrimination items, as well as the internal consistence, were excluded, since it decreased the Cronbach alpha of the sub-scale they belonged to. Therefore the CAD-R was reduced to 22 items. The scale we translated comprises six components which describe the main coping strategies to face pain and they are organised according to the importance of its variance, explained in the following concepts: mental selfcontrol,religion, self-affirmation, information search, catharsis and distraction. As a result we concluded that the CAD-R is a specific and independent instrument and that it is appropriate for the assessment of coping strategies of chronic pain patients. The results indicate that the scale is both reliable and valid. We also understand that the relevance of the subject does not finish at this point. The obtained results are valid for this sample, but we consider that it is of utmost importance to continue the validation process of this instrument, including other samples and other hospitals. A longitudinal study is also of significance in order to better understand the adaptation process to chronic pain. It is also a path to understand how different characteristics of each chronic pain patient’s personality can influence the use of coping strategies. It is also necessary to identify which strategies are the most adequate for each person in order to develop intervention programmes for a better control of pain, thus resulting in an improvement of the quality of life of the chronic pain patient.
URI: http://hdl.handle.net/10400.14/8572
Aparece nas colecções:R - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations
ICS(P) - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Temporario.pdf9,29 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.