Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.14/8557
Título: Obesidade e morbilidade psicológica : psicopatologia, alterações da personalidade, auto-conceito e estratégias de Coping em obesos seleccionados e a aguardar e cirurgia bariátrica
Autor: Martins, Leonel Agostinho Gonçalves de Oliveira
Orientador: Costa, Eleonora Cunha Veiga
Palavras-chave: Obesidade
Cirurgia Bariática
Morbilidade Psicológica
Psicopatologia
Alterações da Personalidade
Auto-Conceito e Estratégias de Coping
Obesity
Bariatric Surgery
Psychological Morbidity
Psychopathology
Personality Disorders
Self-Concept and Coping Strategies
Data de Defesa: 23-Mar-2012
Resumo: A obesidade é uma doença crónica e multifactorial constituindo um dos mais sérios problemas de saúde pública. Este estudo teve como objectivo identificar a morbilidade psicológica em 218 obesos seleccionados e a aguardar a cirurgia bariátrica, através de um estudo epidemiológico, descritivo, transversal e correlacional, foi realizado um perfil psicopatológico, alterações da personalidade, auto-conceito e estratégias de coping. A metodologia de avaliação utilizada baseou-se na aplicação dos seguintes instrumentos: questionário sócio-demográfico, questionário clínico, Hospital Anxiety and Depression Scale (HADS); Symptom Checklist-90-Revised (SCL-90-R); Multiphasic Personality Inventory (Mini-Mult); Ways of Coping Questionnaire (WCQ) e o Inventario Clínico de Auto-conceito (ICAC). Foram formuladas quatro hipóteses: a Hipótese 1 previa que variáveis sóciodemográficas influenciassem diferenças nos níveis de ansiedade e depressão; a Hipótese 2 previa que o auto-conceito estivesse correlacionado com psicopatologia e alterações da personalidade; a Hipótese 3 previa que as estratégias de coping existissem correlacionadas com psicopatologia e alterações da personalidade; por último, a Hipótese 4 previa que o autoconceito estivesse correlacionado com as estratégias de coping. Dos resultados obtidos, salientam-se a que os obesos seleccionados e aguardar a cirurgia bariátrica apresentam elevados níveis de somatização, distress associado a funções corporais. Foram também verificadas percentagens consideráveis de sujeitos que apresentam níveis elevados de sintomatologia depressiva (19% e 32%), ansiosa (20% e os 31%), sensibilidade interpessoal (35.3%), ideação paranóide (45.7%). As mulheres apresentam mais sintomatologia depressiva e ansiosa que os homens. A medida que envelhecem apresentam mais sintomatologia depressiva e ansiosa. Os residentes em zonas rurais apresentam mais sintomatologia ansiosa. Verificou-se uma correlação negativa entre escalas de psicopatologia com o auto-conceito. Foram identificadas estratégias de coping associadas a maior psicopatologia em especial a Fuga-evitamento. Foi verificada uma associação baixa entre auto-conceito e estratégias de coping. O achado de perturbações clinicamente significativas em alguns pacientes é relevante e deve ser considerado na sua abordagem terapêutica tendo em vista o sucesso da cirurgia bariátrica.
Obesity is a multifactorial chronic disease constituting one of the most serious public health problems. This study aimed to identify the psychological morbidity in 218 obese selected and awaiting for the bariatric surgery, through an epidemiological, descriptive, cross-sectional and correlational study, there was made a profile psychopathological, personality disorders, self-concept and coping strategies. The evaluation methodology used was based on the application of the following instruments: socio-demographic questionnaire, a clinical questionnaire, Hospital Anxiety and Depression Scale (HADS), Symptom Checklist-90- Revised (SCL-90-R); Multiphasic Personality Inventory (Mini -Mult), Ways of Coping Questionnaire (WCQ) and Clinical Inventory Self-concept (ICAC). Four hypotheses were formulated: Hypothesis 1 predicted that the socio-demographic differences would influence levels of anxiety and depression; the second hypothesis predicted that self-concept was correlated with psychopathology and personality disorders; the third hypothesis predicted that coping strategies was correlated with psychopathology and personality disorders; and finally, the fourth hypothesis predicted that self-concept was correlated with coping strategies. The results obtained in this study show that obese selected and waiting the bariatric surgery have high levels of somatization, distress associated with body functions. It was also found considerable percentage of subjects who have high levels of depressive symptoms (19% and 32%), anxious (20% and 31%), interpersonal sensitivity (35.3%), paranoid ideation (45.7%). Women have more depressive and anxious symptoms than men. As they age have more depressive and anxious symptoms. Residents in rural areas have more anxiety symptoms. There was a negative correlation between scales of psychopathology with the self-concept. There were identified some coping strategies associated with greater psychopathology, in particular the Escape-avoidance. It was found a low association between self-concept and coping strategies. The finding of clinically significant disturbances in some patients is relevant and should be considered in its therapeutic approach in view of the success of bariatric surgery.
URI: http://hdl.handle.net/10400.14/8557
Aparece nas colecções:R - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations
FF - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Tese Leonel.pdf2,22 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.