Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.14/8494
Título: O aluno com cegueira : as actividades de vida diária na família e na escola
Autor: Saraiva, Maria Helena Ferreira
Orientador: Ribeiro, Célia
Simões, Cristina
Palavras-chave: Cegueira
Família
Escola
Actividades de Vida Diária
Autonomia
Blindness
Family
School
Daily Life Activities
Autonomy
Data de Defesa: 2011
Resumo: Ao longo dos tempos, a educação de crianças e jovens, nomeadamente aqueles com Necessidades Educativas Especiais, onde se incluem os cegos, foi assumindo várias feições decorrentes de factores de ordem social, política, económica, religiosa, científica, até que, chegado aos nossos dias, a escola tem como grandes linhas orientadoras os pressupostos da inclusão. Na sociedade contemporânea, esta deve ter como valor supremo a formação de cidadãos autónomos e independentes, contribuindo para a construção de uma colectividade mais justa. Tendo como base este quadro de referências, a escola e a família enfrentam novos desafios através da exigência de um trabalho interactivo e colaborativo. Os alunos com cegueira apresentam características específicas no seu desenvolvimento, pelo que, as Actividades e Vida Diária exigem a aprendizagem de técnicas especiais na família e na escola que os capacitem a desempenhar tarefas no quotidiano. Através de um estudo de tipo qualitativo, pretendemos conhecer as percepções e a importância que os pais e/ou encarregados de educação e os professores de Educação Especial atribuem às Actividades de Vida Diária no desenvolvimento do aluno com cegueira sem outras deficiências associadas. Pretendemos também conhecer como estes alunos constroem o seu conhecimento/independência e se tornam autónomos, e se há colaboração entre a escola e a família na construção dessa autonomia. Embora, a população alvo deste estudo, sejam quatro crianças/jovens com cegueira, a população inquirida foram os pais e/ou encarregados de educação e os professores de Educação Especial. As técnicas de recolha de dados utilizadas foram a entrevista semi-estruturada e escalas de verificação e observação. Das conclusões retiradas, muito genericamente, podemos referir que, embora seja atribuída grande importância pelos inquiridos às Actividades de Vida Diária, esta área é pouco trabalhada na escola e na família, em termos de utilização de técnicas específicas e não há uma efectiva colaboração na sua implementação.
Throughout the years, children and youth’s education, especially of those with special educational needs, in which are included the blind, has acquired several features resulting from social, political, economic, religious and scientific factors, but nowadays in school, inclusion is the most important direction. In contemporary society, the greatest value is the development of autonomous and independent citizens, contributing to the building of a fairer community. Based on this frame of references, school and family face new challenges through the demand of an interactive and collaborative workload. Blind students have got specific characteristics in their development, therefore Daily Life Activities demand the knowledge of special techniques at home and at school, enabling them to perform daily tasks. Through a qualitative study, we intend to know the perceptions and importance that parents and/or delegates of education and special education teachers give to Daily Life Activities in the development of blind students without other deficiencies. We also pretend to know how these students build their knowledge/independence and become autonomous, and if the school and family are working together in the building of that autonomy. Although the target population of this study are four blind children/youths, we interviewed their parents and/or delegates of education and special education teachers. The techniques used to gather the data were a semi-structured interview and observation/verification tables. From the conclusions of this study, we can generally refer that, despite the great importance given to Daily Life Activities, this area is rarely worked on at school and at home, relating the use of specific techniques, and there isn’t any collaboration in its implementation.
URI: http://hdl.handle.net/10400.14/8494
Aparece nas colecções:DEGS - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations
R - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Temporario.pdf9,29 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.