Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.14/8323
Título: Conhecimentos dos joivens para a prevenção da infecção VIH/Sida
Autor: Collaço, Irene Maria Ferreira
Orientador: Amaro, Fausto José Robalo
Data de Defesa: 2007
Resumo: A consciencialização sobre a gravidade da infecção pelo VIH/SIDA e o facto de a cura ainda não se vislumbrar revestem a prevenção desta infecção de grande utilidade. Prevenção esta que deve ser alargada a vários níveis, dos quais a nossa atenção se focou nos jovens adolescentes, uma vez que a adolescência é um período de transformação e readaptação que se caracteriza pelo confronto do jovem com novos papéis, novas oportunidades e novas responsabilidades. Além de ser um dos grupos mais vulneráveis à infecção por VIH/SIDA, por diversos factores dos quais se destaca a noção que possuem de invulnerabilidade a esta doença. Uma vez que para o sucesso da prevenção é imprescindível a avaliação das características, realidades, necessidades e capacidades da população a que se destina, com o intuito de a estruturar e implementar atingindo os objectivos para que se planeia, pretendemos com esta investigação entrever quais os conhecimentos que os adolescentes possuem sobre esta infecção e de que modo os empregam nas vivências com que se confrontam no quotidiano. De modo a percebermos quais as necessidades educativas dos adolescentes, no que respeita a esta temática, optámos por desenvolver um estudo empírico, exploratório, quantitativo e transversal, cujo instrumento de recolha de dados foi o questionário aplicado a uma amostra de 251 alunos do 2.º e 3.º ciclo, a frequentar a Escola EB 2/3 de Soares dos Reis – Vila Nova de Gaia. Analisando os dados obtidos constatámos que 83,6% dos jovens estudados possuem um nível de conhecimentos aceitável sobre a infecção por VIH/SIDA, mas as suas atitudes no quotidiano nem sempre coincidem com o nível de conhecimentos que detêm. Tornando-se evidente que possuem informação, mas necessitam de mais formação que lhes permita essencialmente o treino de diversas capacidades (comunicação, gestão de emoções, auto-controlo, resolução de problemas e respeito pelos outros), de forma a escolherem livremente o que pretendem para o futuro e consigam tomar as decisões que essa opção acarrete. Entendemos que os jovens desta instituição têm oportunidade de adquirir um nível de conhecimentos geral superior ao actual, se na mesma, através da implementação de um projecto para educação sexual escolar, lhes forem facultados espaços de discussão sobre questões referentes à sexualidade e à infecção por VIH/SIDA e se esta conseguisse ser inserida na RNEPS (Rede Nacional de Escolas Promotoras de Saúde). Em nossa opinião, deste modo, estaríamos a investir num trabalho que teria os seus benefícios visíveis não só no presente como também na sociedade futura.
Making everyone conscious of the seriousness of the infection caused by HIV and the fact that there is still no known cure in a nearby future makes its prevention of the essence. The prevention of HIV should be focused on different levels; we have focused our attention on young teenagers, since they have to face a transformation and readaptation period which is characterized by the fact that they have to play new roles, face new opportunities and new responsibilities. Besides, teenagers are one of the most vulnerable groups which run the risk of being infected by HIV/AIDS, there are various factors as to why this is so, but one that most stands out is that teenagers believe they are invulnerable to the disease. The success of HIV prevention programme relies on the assessment of the characteristics, social realities, needs and skills of the population, so that it’s structuring and its implementation meet the aims it is destined for. This investigation will foresee what knowledge teenagers have on this issue and how they use this knowledge in there daily lives. In order to better comprehend teenager’s educational needs on the subject, we have chosen to go forward with empiric, explanatory, quantitative and transversal study. The instrument used to gather the data necessary for the study was a questionnaire given to 251 students who attend junior and secondary school at Escola EB 2/3 de Soares dos Reis – Vila Nova de Gaia. An analysis to the questionnaires pointed out that 83,6% of teenagers have an acceptable standard of knowledge on HIV/AIDS, however their daily behaviour does not always correspond to the knowledge shown. It is obvious that they do have sufficient knowledge, yet they need further training, which will enable them to put into practice diverse skills (communications, management of emotions, self control, problem solving and the respect for others), so that they may choose freely what they wish in the future and be able to take the decision that their choice conveys. We believe that the teenagers of this school have the opportunity to acquire a higher level of general knowledge than their peers. This can be achieved through the implementation of a sexual educational school project, which will guarantee debates on sexual matters and infection of HIV/AIDS, as long as it is included ion the national network of sexual education for all schools (RNEPS-Rede Nacional de Escolas Promotoras de Saúde). It is our opinion that through this method we would not only be investing in a project that would have visible benefit outcomes in the present but also in the future society.
URI: http://hdl.handle.net/10400.14/8323
Aparece nas colecções:R - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations
ICS(P) - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Temporario.pdf9,29 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.