Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.14/8300
Título: Consumo de álcool e atitudes sobre a gravidez e a maternidade : estudo exploratório com um grupo de mulheres grávidas utentes da Unidade Local de Saúde de Matosinhos
Autor: Moreira, Tânia Cristina Gomes
Orientador: Xavier, Maria Raul Lobo
Data de Defesa: 2011
Resumo: O uso de álcool durante a gravidez é um risco tanto para a saúde materna, como também para o próprio feto que se está a desenvolver, pois o álcool passa a barreira da placenta e a alcoolemia da mãe e do feto acabam por ser muito idênticas (e.g. Fonseca, 2008). Esta é uma temática pouco aprofundada em Portugal, sendo poucos os estudos existentes (e.g. Mello, Barrias & Breda, 2001, p.58). O presente estudo tem como objectivo a caracterização dos tipos de consumo de álcool de um grupo de mulheres grávidas, utentes da ULS de Matosinhos, assim como explorar as correlações entre a vivência psicológica da gravidez e os consumos a esta associada. Este estudo foi realizado junto de 50 grávidas e para tal utilizamos o Alcohol Use Disorders Identification Test (AUDIT) (Babor, 2001) e a Escala de Atitudes sobre a Gravidez e Maternidade (EAGM; Xavier & Paul, 1996; Xavier, Paul & Sousa, 2001,cedida pelos autores). Os principais resultados do estudo da presente amostra desta investigação, demonstram que, no que respeita ao AUDIT (Babor, 2011), 22% das mulheres consumiram álcool durante a gravidez, devendo estar conscientes das repercussões para a grávida e para a criança exposta in útero. No que se refere à EAGM (Xavier & Paul, 1996; Xavier, Paul & Sousa, 2001,cedida pelos autores), verificaram-se diferenças estatisticamente significativas relativamente à população em geral nas sub-escalas “O Filho Imaginado”, “Boa Mãe”, “Gravidez como Factor de Mudança/ Crescimento Pessoal”,“Aspectos difíceis da Gravidez/Maternidade” e "Relação com a Própria Mãe”. Nas sub-escalas “Apoio do Marido/Companheiro” e “Imagem Corporal e Necessidade de Dependência”, não se encontraram diferenças em relação à população em geral. Consideramos importante a realização de estudos neste âmbito com um maior número e diversidade de participantes de forma a obter uma compreensão mais alargada da temática.
Alcohol use during pregnancy is a risk for both maternal health, but also for their own fetus is developing, because alcohol passes the placental barrier and alcohol from the mother and the fetus end up being very similar (e.g.Fonseca, 2008). This theme is a little depth in Portugal, with few studies that exist on this subject (e.g. Mello, Barrias &Breda, 2001). The present study aims to characterize the types of alcohol consumption in a group of pregnant women, users of the ULS Matosinhos, as well as explore the correlation between the experience of psychological and pregnancy fuel consumption associated with this. This study was conducted among 50 pregnant and just used the Alcohol Use Disorders Identification Test (AUDIT, Babor, 2001) and the Scale of Attitudes about Pregnancy and Maternity (EAGM; Xavier, Paúl & Sousa 2001).The main results of this sample of this research show that, in respect of the AUDIT (Babor, 2011), 22% of women consumed alcohol during pregnancy, should be aware of the implications for pregnant women and for children exposed in uterus. With regard to the EAGM (Xavier, Paul & Sousa, 2001), there were statistically significant for the general population in sub-scales "The Son Imagined”, "Good Mother","Pregnancy as a Factor of Change / Growth Personal”, "Difficult aspects of Pregnancy / Parenting "and" Relationship with his mother”. Subscales "Support from husband / partner" and "Body Image and dependency needs" no differences were found in relation to the general population. We consider important to conduct studies in this field with a greater number and diversity of participants in order to obtain a broader understanding of the theme.
URI: http://hdl.handle.net/10400.14/8300
Aparece nas colecções:R - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations
FEP - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Temporario.pdf9,29 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.