Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.14/8004
Título: Teixeira de Pascoaes : um espiritualismo cívico ou laico ou a tradição como recomposição espiritual
Autor: Francisco, Elisabete
Palavras-chave: Teixeira de Pascoaes
Saudosismo
Modernismo
Espiritualidade
Pátria
Nostalgia
Modernism
Spirituality
Homeland
Data: 2011
Editora: Centro de Estudos de História Religiosa - Universidade Católica Portuguesa
Citação: FRANCISCO, Elisabete - Teixeira de Pascoaes: um espiritualismo cívico ou laico ou a tradição como recomposição espiritual . Lusitania Sacra. Lisboa. ISSN 0076-1508. 2ª S. 24 (Jul. - Dez. 2011) 243-251
Resumo: Teixeira de Pascoaes foi o homem do sonho e da esperança, da sombra e da luz. Simbolizando o saudosismo, as suas obras são marca de um tempo que preconizava o modernismo. Mas o grande paradoxo do modernismo foi o encontro da tradição com a actualidade, na busca da liberdade humana. Do espírito d’ «A Águia» aos propósitos da Renascença – o próprio nome do movimento é significativo –, o saudosismo seria, mais que uma tendência ou uma escola, uma característica do ser português. E é precisamente no encontro dessa especificidade que Pascoaes busca a valorização da sua pátria, como cidadão. Pela tradição, pela saudade, por uma espiritualidade cívica ou laica, o poeta que através da memória transformou a morte em vida e a ausência em presença, revestiu de religiosidade todos os seres, as coisas, a sua aldeia, a sua pátria. O seu espírito interventivo, pela poética, ganharia sentido metafísico, ousando levar os portugueses rumo a novas Índias espirituais.
Teixeira de Pascoaes was a man of dreams and hope, of shadow and light. Symbolizing the nostalgia, his works are a mark of a time that preconized the modernism. But the great paradox of modernism was the meeting of tradition with the present time, in the quest for human freedom. From the spirit of A Águia to the purposes of the Renascença (Renaissance) – the name of the movement itself is significant – the nostalgia would be, more than a trend or a school, a characteristic of being Portuguese. And it is precisely in the connection of this specificity that Pascoaes searches for the appreciation of his homeland, as a citizen. For tradition, for the saudade, and for a civic or secular spirituality, the poet that through the memory turned death into life and absence into presence, overlaid with religiosity all beings, all things, his village, his homeland. His interventionist spirit, through poetic, would achieve metaphysical sense, daring to take the Portuguese towards new spiritual Indies.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.14/8004
ISSN: 0076‑1508
Aparece nas colecções:RLS - Tomo 024 (2011)

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
LS_024_EFrancisco.pdf181,72 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.