Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.14/7772
Título: Mudança organizacional : do prescrito ao real
Autor: Sinval, Jorge Fernando Pereira
Orientador: Fonseca, António
Oliveira, Eduardo
Work Psychology
Palavras-chave: Mudança Organizacional
Satisfação
Psicologia do Trabalho
Estudo de Caso
Triangulação
Case Study
Organizational Change
Satisfaction
Triangulation
Data de Defesa: 2011
Resumo: As organizações dos dias de hoje enfrentam um ambiente cada vez mais dinâmico e em constante mudança. Necessitam de adaptar-se aos novos desafios. Com as crescentes evoluções tecnológicas, que ocorrem em quase todos os sectores de atividade, a maior parte dos trabalhadores é confrontada, em algum momento do seu percurso profissional, com a introdução de mudanças no seu posto de trabalho, mudanças com as quais terão de lidar. A mudança organizacional influencia quer a empresa, quer o trabalhador; deste modo pretende-se abordar as mudanças ocorridas numa organização a operar em Portugal, nunca desprezando as especificidades desta realidade concreta. Compreendendo as percepções e representações dos trabalhadores acerca do processo de mudança, eventuais resistências, grau de satisfação com as mudanças implementadas, grau de participação na definição do plano de mudança. A amostra é de quatro trabalhadores entrevistados e 40 trabalhadores respondentes ao questionário. A metodologia assumida é o Estudo de Caso, análise alinhada com a óptica da Psicologia do Trabalho que se preocupa com a recuperação e reconhecimento da experiência dos trabalhadores nas empresas. Procura-se, assim, atingir o objetivo principal deste estudo: compreender de que modo os trabalhadores foram tidos em conta no plano de mudança organizacional. Utilizaram-se questionários e entrevistas como metodologia. Percebeu-se que neste plano de mudança organizacional, os trabalhadores não foram escutados como desejavam.
The organizations of nowadays are involved in a more dynamic environment and in constant change. So, it is necessary to adapt to the new conditions. With the technologic evolution, which occurs almost in all sectors of activity, the major part of workers is confronted, in some time of their professional activity, with the introduction of changes in their work post, changes that they will have to deal with. The organizational change influences either the company, either the worker; this study aims to make an assessment to the changes occurred in an organization situated in Portugal, without forgetting the specificities of this tangible reality. The methodology assumed is the Case Study, analysis in parallel with Work Psychology, in the sense that it recognizes the workers experience as its main concern and capital. In this way, the main purpose of the field study was to understand how workers cope with organizational change. Questionnaires and semi-structured interviews were used to address this goal. The findings demonstrated that workers weren’t listened as far as organizational change plan concerns.
URI: http://hdl.handle.net/10400.14/7772
Aparece nas colecções:R - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations
FEP - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Temporario.pdf9,29 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.