Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.14/7232
Título: A Inquisição e a Mitra de Lisboa: análise a partir do governo do arcebispo D. Miguel de Castro : 1586-1625
Autor: Giebels, Daniel Norte
Palavras-chave: Inquisição
Poder episcopal
União Ibérica
Arcebispado de Lisboa
Inquisition
Episcopal Power
Iberian Union
Archbishopric of Lisbon
Data: 2011
Editora: Centro de Estudos de História Religiosa, Universidade Católica Portuguesa
Citação: GIEBELS, Daniel Norte - A Inquisição e a Mitra de Lisboa: análise a partir do governo do arcebispo D. Miguel de Castro (1586-1625). Lusitania Sacra. Lisboa. ISSN 0076-1508. 2ª S. 23 (Jan. - Jun. 2011) 121-150
Resumo: Os bispos portugueses encontram-se estreitamente ligados ao processo de fundação e estabelecimento da Inquisição, sucedendo-se, na perspectiva de alguns estudos, uma evidente cooperação e até mesmo complementariedade entre a actuação dos tribunais inquisitorial e eclesiástico. Outros autores contrapõem com a ideia de que a relação entre estes dois poderes evoluiu e também foi marcada pelo conflito. Esta será uma questão subjacente ao trabalho que aqui se propõe, centrando-se na relação entre a Inquisição e D. Miguel de Castro, arcebispo de Lisboa (1586-1625). Foram definidos quatro tempos dessa mesma relação, sendo identificados e justificados por uma análise conjuntural atenta às relações políticas entre os agentes do campo religioso e o percurso de D. Miguel de Castro.
The Portuguese bishops are closely related to the process of founding and establishment of the Inquisition, following, according to some studies, a clear cooperation and even a complementarity between the performance of the Inquisition and the ecclesiastical courts. Other authors have opposed this idea with the thesis that the relationship between these two powers has evolved and was essentially marked by conflicts. This will be an underlying issue to the work being proposed here, focusing on the relationship between the Inquisition and D. Miguel Castro, archbishop of Lisbon (1586-1625). The present article is divided into four different stages of this relationship, identified and justified by a careful contextual analysis of the political relations between players in the religious domain and the personal itinerary of D. Miguel Castro.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.14/7232
ISSN: 0076-1508
Aparece nas colecções:RLS - Tomo 023 (2011)

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
LS_023_DanielNGiebels.pdf326,78 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.