Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.14/7228
Título: A fundação da Inquisição em Portugal: um novo olhar
Autor: Marcocci, Giuseppe
Palavras-chave: Inquisição portuguesa
Cristãos-novos
Inquisição espanhola
Corte portuguesa
Cúria papal
Portuguese Inquisition
New Christians
Spanish Inquisition
Portuguese court
Papal Curia
Data: 2011
Editora: Centro de Estudos de História Religiosa, Universidade Católica Portuguesa
Citação: MARCOCCI, Giuseppe - A fundação da Inquisição em Portugal: um novo olhar. Lusitania Sacra. Lisboa. ISSN 0076-1508. 2ª S. 23 (Jan. - Jun. 2011) 17-40
Resumo: O artigo procura apresentar novos dados sobre o contexto da fundação do Tribunal do Santo Ofício em Portugal (1536). A historiografia continua a ser influenciada pela reconstrução dos acontecimentos fornecida na segunda metade do século XIX, por Alexandre Herculano: uma dramática luta internacional entre um rei fanático, D. João III, o mundo corrupto da cúria papal e a capacidade diplomática dos agentes dos cristãos-novos em Roma. Sem pretensão de oferecer uma nova interpretação global do complexo episódio da introdução da Inquisição em Portugal, a adopção de uma perspectiva mais alargada aqui proposta permite colher aspectos decisivos que passaram despercebidos, desde a pressão da Inquisição espanhola sobre a coroa portuguesa para perseguir os cristãos-novos, até ao papel central do novo grupo de conselheiros em matéria de fé, que integraram a corte de D. João III entre o fim dos anos 20 e o início dos 30.
The article presents new sources about the foundation of the Holy Office in Portugal. Historians are still influenced by mid-nineteenth century factual reconstruction by Alexandre Herculano: a dramatic fight among the fanatical King D. João III, the corrupted world of the Papal Curia and the diplomatic ability of the New Christian agents in Rome. Without pretending to provide a new global interpretation of the complex episode of the introduction of the Inquisition in Portugal, the adoption of a wider perspective allows to focus on decisive aspects that passed unnoticed, from the pressure of the Spanish Inquisition so that the Portuguese crown prosecuted the New Christians, to the central role of the new group of counsellors in matters of faith, who entered D. João III’s court between the late 1520s and the beginning of the 1530s.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.14/7228
ISSN: 0076-1508
Aparece nas colecções:RLS - Tomo 023 (2011)

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
LS_023_GiuseppeMarcocci.pdf314,78 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.