Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.14/7212
Título: Os vencidos do catolicismo : militância e atitudes críticas : 1958-1974
Autor: Revez, Jorge
Palavras-chave: Ruy Belo
José da Felicidade Alves
Catolicismo
Católicos e política
Data: 2009
Editora: Centro de Estudos de História Religiosa, Universidade Católica Portuguesa
Citação: REVEZ, Jorge - Os vencidos do catolicismo : militância e atitudes críticas : 1958-1974 - Lisboa : Universidade Católica Portuguesa, Centro de Estudos de História Religiosa, 2009. ISBN 978-972-8361-29-7
Resumo: A presente dissertação procura compreender o contexto e a relevância histórica da sensibilidade que Ruy Belo (1933-1978) enunciou no poema Nós os Vencidos do Catolicismo, publicado em 1970. Para além de um breve enquadramento da militância e das dissidências internas do campo católico até finais dos anos 50, aborda-se a renovação posterior de alguns sectores do catolicismo em torno de quatro vectores de análise: humanismo, progressismo, vanguarda e crise. A pertinência da mutação sócio-cultural que é revelada pelo afastamento progressivo da Igreja Católica, nos decénios de 60 e 70 do século XX, por parte destes novos católicos, é observada a partir da sua dimensão religiosa, sobretudo enquanto procura de um sentido de vida e de experiência “autêntica” de fé. Para tal, abordar-se-ão os casos particulares de Ruy Belo e José da Felicidade Alves (1925-1998), e de outras figuras relevantes nesse período, de forma a esclarecer o que representam os “vencidos do catolicismo”.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.14/7212
ISBN: 978-972-8361-29-7
Aparece nas colecções:CEHR - Livros e partes de livros / Books and chapters

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
EHR_7_Os vencidos do catolicismo.pdf2,64 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.