Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.14/4501
Título: Velhos, novos e mutáveis sagrados... um olhar antropológico sobre formas “religiosas” de percepção e interpretação da conquista africana (1415-1521)
Autor: Rosa, Maria de Lurdes
Palavras-chave: Religião
Conquista Africana
Data: 2006
Editora: Centro de Estudos de História Religiosa - Universidade Católica Portuguesa
Citação: ROSA, Maria de Lurdes – Velhos, novos e mutáveis sagrados... um olhar antropológico sobre formas “religiosas” de percepção e interpretação da conquista africana (1415-1521). Lusitania Sacra. Lisboa. ISSN 0076-1508. 2ª S. 18 (2006) 13-85
Resumo: O artigo reúne e tenta explicar um conjunto de vestígios dispersos de textos e práticas do Portugal do século XV/ inícios do séc. XVI, sobre a presença em África. O objectivo é demonstrar a importância e a funcionalidade, no processo, de um tipo específico – a que chamaríamos, com as devidas aspas, «religioso» – de símbolos e categorias: santidade, figurações heróicas ancestrais, sacralizações do espaço e do tempo, cerimoniais e encenações usadas para marcar as partidas e as vitórias. Assim, depois de uma breve introdução historiográfica, estudar-se-ão, sucessivamente, a «invenção» do reino cristão do Congo, a relação entre os «novos tempos» e a temporalidade cristã, as formas de imaginação de um novo espaço cristão e os cerimoniais sacros e profanos usados para «propiciar a salvação» e «encenar o risco».
The article gathers and tries to explain a set of scattered vestiges of texts and practices, in late medieval/early modern Portugal, concerning the presence in Africa. The goal is to demonstrate the importance and the functionality, in this process, of a specific type – which could be called «religious» – of symbols and categories: sanctity, heroical ancestral representations, sacralizations of space and time, ceremonies and enactments used to celebrate departures and victories. Thus, after a brief historiographical introduction, we shall study, in succession, the «invention» of the Christian realm of Congo, the relationship between «new times» and Christian temporality, the forms of imagination of a new Christian space, and the sacred and profane ceremonies used to «propitiate salvation» and to «enact the risk».
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.14/4501
ISSN: 0076-1508
Aparece nas colecções:RLS - Tomo 018 (2006)

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
LS_S2_18_MariaLRosa.pdf531,38 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.