Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.14/4489
Título: Guerra e santidade: o cavaleiro-mártir Henrique de Bona e a conquista cristã de Lisboa
Autor: Pereira, Armando de Sousa
Palavras-chave: Henrique de Bona
Reconquista
Lisboa
Data: 2005
Editora: Centro de Estudos de História Religiosa - Universidade Católica Portuguesa
Citação: PEREIRA, Armando de Sousa – Guerra e santidade: o cavaleiro-mártir Henrique de Bona e a conquista cristã de Lisboa. Lusitania Sacra. Lisboa. ISSN 0076-1508. 2ª S. 17 (2005) 15-38
Resumo: A conquista cristã de Lisboa, em 1147, suscitou a escrita de numerosos testemunhos, desde curtos registos analísticos a longas e detalhadas narrativas, destinados a transmitir e enaltecer, na Cristandade latina, a memória de um dos poucos sucessos militares da Segunda Cruzada. Proveniente do cartório do Mosteiro de S. Vicente, um desses textos, de provável origem teutónica, destaca o martírio dos cruzados mortos em combate contra o Islão, centrando-se particularmente em Henrique de Bona e na descrição dos respectivos milagres no contexto da tomada da cidade e posterior ordenação da mesma sob o domínio do rei de Portugal. O propósito deste estudo consiste em delinear, partindo da escassa informação disponível em textos coevos e posteriores, os mecanismos de construção de uma memória sagrada deste cavaleiro, também nomeado como Popteto Ulvinga em crónicas frísias dos séculos XIII a XV, e recolher os traços de um eventual culto a ele dedicado.
The Christian conquest of Lisbon in 1147 encouraged the writing of numerous testimonies since short analytic registers to long and detailed narratives, destined to transmit and appraise, in the latin Christianity, the memory of one of the few military successes of the Second Crusade. Coming from the registry of Monastery of Saint Vincent, one of these texts, probably from teutonic origin, detaches the martyrdom of crusades dead in battle against Islam, focusing mainly in Henrique de Bona and in the description of his miracles in the context of the city’s conquest and posterior rule by the king of Portugal. The aim of this article is to depict from the scarce available information in coeval texts and beyond, the mechanisms of construction of a sacred memory of this knight, also named Popteto Ulvinga in Frisian chronicles of XIII to XV centuries, and recollect the traces of an eventual cult dedicated to him.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.14/4489
ISSN: 0076-1508
Aparece nas colecções:RLS - Tomo 017 (2005)

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
LS_S2_17_ArmandoSPereira.pdf204,1 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.