Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.14/4416
Título: Early cistercian polyphony: a newly-discovered source
Autor: Ferreira, Manuel Pedro
Palavras-chave: Cister
Polyphony
Data: 2002
Editora: Centro de Estudos de História Religiosa - Universidade Católica Portuguesa
Citação: FERREIRA, Manuel Pedro – Early cistercian polyphony: a newly-discovered source. Lusitania Sacra. Lisboa. ISSN 0076-1508. 2ª S. 13-14 (2001-2002) 267-313
Resumo: This paper presents a two-voice hymn to St. Bernard, found by the author in the Arouca Monastery. This hitherto unpublished hymn, which can be dated around 1225, is the most ancient polyphonic work found so far in Portugal, and one of the oldest examples of polyphony copied in Cistercian manuscripts. To explain its presence in Arouca, the author examines both the local and the international context; the problem of polyphonic practice in the Cistercian Order receives special attention, and several related compositions are transcribed. The musical style of the hymn is then discussed and its peculiar, conservative character put into relief against the background of European polyphonic practice. The interpretative transcription offered is then justified at length.
Este artigo debruça-se sobre um hino a S. Bernardo, a duas vozes, encontrado pelo autor num manuscrito do Mosteiro de Arouca. Trata-se não só de uma composição inédita, como da mais antiga música polifónica documentada em território português, datável de c. 1225, sendo também um dos primeiros exemplos de polifonia conservada em manuscritos cistercienses. Para explicar a sua presença em Arouca, o autor foca primeiramente o contexto local, e seguidamente o contexto internacional, no que se refere à prática de música polifónica no seio da Ordem de Cister. Algumas outras composições ligadas aos cistercienses são apresentadas em transcrição. O estilo da peça é então analisado, identificando-se o seu peculiar carácter conservador relativamente ao panorama geral da música polifónica na Europa Ocidental. Finalmente, a transcrição interpretativa do hino é musicologicamente fundamentada.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.14/4416
ISSN: 0076-1508
Aparece nas colecções:RLS - Tomo 013-014 (2001-2002)

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
4416 - LS_S2_13-14_ManuelPFerreira.pdf12,48 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.