Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.14/3730
Título: Atitudes face à estatística em diferentes grupos de profissionais de saúde em formação
Autor: Pimenta, Rui
Pereira, Ilídio
Costa, Elísio
Vieira, Margarida
Palavras-chave: Atitudes
Estatística
Ciências da saúde
Data: 2010
Editora: International lnstitute of Informatics and Systemics
Citação: 7to Simposium Iberoamericano en Educación, Cibernética e Informática, Orlando, Florida, 29 de Junho a 2 de Julho, 2010. Memórias de la Novena Conferencia Iberoamericana en Sistemas, Cibernética e Informática. Vol. II, p.40-45
Resumo: Uma grande parte das decisões que os profissionais de saúde tomam no seu dia-a-dia tem suporte estatistico num modelo que integre a prática clínica baseada na evidência. A atitude que estes profissionais têm face à estatística pode condicionar o exercício da competência estatística na sua prática clínica e o correcto desenvolvimento da intuição estatística. Neste trabalho, analisámos as diferentes componentes das atitudes face à estatística de estudantes e profissionais em formação, em distintas áreas de formação clínica e em distintos ciclos formativos, através das suas respostas ao Inquérito Atitudes Face à Estatística (SA TS 28). Pretendemos, em primeiro lugar, avaliar a e analisar a relação entre as componentes das atitudes na nossa amostra. De seguida, recorremos a técnicas de visualização radial para verificar que componentes das atitudes permitem explicar melhor a variação das respostas dos estudantes. Por último, pretendemos comparar as atítudes face à estatística em diferentes grupos de profissionais em formação tomando em linha de conta a sua situação face à graduação. Recorremos a uma análise de variância a dois factores para estudar a interacção entre os factores área de formação e situação face à graduação e comparar os resultados obtidos nos diferentes grupos que decorrem desta análise. Os nossos resultados mostram que os estudantes das ciências da saúde têm, geralmente, uma atitude positiva face à estatística embora a dificuldade percebida seja mais relevante do que em estudos realizados anteriormente noutras áreas de formação. Registámos diferenças estatisticamente significativas na atitude face à estatistica (p <0.00 I) nos dois factores em estudo, área de formação e situação face à graduação, sendo a interacção entre os factores igualmente significativa (p=0.008).
URI: http://hdl.handle.net/10400.14/3730
Aparece nas colecções:ICS(P) - Artigos em actas / Papers in proceedings

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
artigo_2010_ICS_1630_Costa_Elisio_13_pdf.pdf3,59 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.