Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.14/22139
Título: Different shades of green : a comparison between economy and luxury Hotels in Guests’ participation in eco-friendly policies
Autor: Maggi, Jessica
Orientador: Colaço, Vera Herédia
Data de Defesa: 28-Mar-2017
Resumo: The concept of sustainability in the hospitality industry has started to increase since more and more hotels began to incorporate green activities in their daily operations. Previous research has indicated that consumers have high expectations when paying a certain price for a quality service and, in that way, luxury can be a barrier to participation. The present dissertation analyses how the incorporation of eco-friendly activities in the hotel industry can impact guests’ expectations but also their behaviour when staying at a luxury hotel versus at an economy hotel. Further, this research analyses how incentives in the form of rewards programs increase guests’ participation in hotels’ eco-friendly activities. Results show that luxury is a barrier to participation in hotel’s eco-friendly activities. Also, that the importance guests give to hotel services is a crucial aspect to consider when deciding to establish ecofriendly policies in a more economical hotel. Regarding reward programs, results indicate that these do indeed motivate guests’ willingness to comply with eco-friendly policies. Also, that increases in guests’ habitual and occasional recycling is an important motivational antecedent on the willingness to comply with eco-friendly activities.
O conceito de sustentabilidade aplicado ao sector hoteleiro tem vindo a evoluir e a marcar uma presença crescente devido ao aumento do número de hotéis que decidem incorporar políticas de sustentabilidade nas suas atividades operacionais diárias. Estudos anteriores indicam que os consumidores demonstram expectativas elevadas quando pagam um preço elevado por um serviço de qualidade e, desta forma, o luxo pode tornar-se uma barreira para a participação em políticas sustentáveis. Este trabalho tenta perceber a relação que existe entre a introdução de políticas sustentáveis e o seu impacto não só nas expectativas dos clientes como nos seus comportamentos quando alojados em hotéis de categorias luxuosas versus hotéis de categorias económicas. Para além disso, um outro objetivo foi perceber se os incentivos sob a forma de programas de recompensa influenciam positivamente a participação dos clientes nas políticas ecológicas implementadas pelos hotéis. Os resultados demonstram que a expectativa do luxo constitui efetivamente uma barreira à participação dos clientes nessas mesmas politicas ecológicas, mas também que a importância dada pelos hóspedes aos serviços propostos pelos hotéis é um especto crucial a ter em conta aquando da decisão de estabelecer ou não politicas ecológicas em hotéis considerados económicos. Em relação aos programas de recompensa, os resultados indicam que estes efetivamente têm uma influência positiva no desejo de os clientes colaborarem nas políticas de sustentabilidade ecológica. Para além disso, o aumento de reciclagem dos hóspedes que é feita habitualmente versus ocasionalmente é um importante antecedente motivacional para uma participação em políticas sustentáveis.
URI: http://hdl.handle.net/10400.14/22139
Aparece nas colecções:FCEE - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations
R - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Thesis_Final_version.pdf899,19 kBAdobe PDFVer/Abrir    Acesso Restrito. Solicitar cópia ao autor!


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.