Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.14/20950
Título: Repulsion and attraction in migration: poverty and the poor in the moral works of Hume and Smith
Autor: Variz, Paulo Eurico Alves
Palavras-chave: Pobreza
economia da pobreza
migrações
iluminismo escocês
história do pensamento económico
Poverty
poverty economics
migrations
scottish enlightenment
history of economic thought
Data: 2014
Editora: Universidade Católica Portuguesa, Faculdade de Teologia
Citação: VARIZ, Paulo Eurico Alves – Repulsion and attraction in migration: poverty and the poor in the moral works of Hume and Smith. Didaskalia. Lisboa. ISSN 0253-1674. 44:2 (2014) 87-107.
Resumo: Neste artigo procedemos à análise dos escritos de dois representantes maiores do iluminismo escocês, David Hume e Adam Smith, com vista a procurar identificar o contributo das suas obras morais para a reflexão em torno da pobreza, do lugar que a mesma ocupa, e do deslocamento do indivíduo pobre. Após procurarmos esboçar uma relação entre estes desenvolvimentos teóricos e os de outros precursores da economia da pobreza, alvitramos uma associação entre os contributos de Hume e Smith com as noções de atração, repulsão, soberania, responsabilização, vontade e necessidade. Por último, procuramos mostrar em que medida estas abordagens terão alimentado a obra económica de Smith, influenciando um ganho de relevância de uma abordagem relativa ao conceito de pobreza e vindo a ser adotadas pela corrente dominante da economia política, e posteriormente, também, da economia.
This article analyses the writings of two leading representatives of Scottish Enlightenment – David Hume and Adam Smith – with a view to identifying the contribution of their moral works to a reflection on the place of poverty and on the displacement of the poor individual. We briefly relate these theoretical developments to those of other precursors of poverty economics and suggest a mapping with concepts of attraction, repulsion, sovereignty, accountability, want and need. Finally, we attempt to show how these approaches fed into the economic work of Smith, fuelled the increasing relevance of a relative conception of poverty and were eventually took up by the dominant doctrinal strand in political economy, and afterwards in economics.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.14/20950
ISSN: 0253-1674
Aparece nas colecções:RD - 2014 - Vol. 044 - Fasc. 2

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
V04402-87-107.pdf87,06 kBAdobe PDFVer/Abrir    Acesso Restrito. Solicitar cópia ao autor!


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.