Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.14/20550
Título: Parentalidade e toxicodepência : o caso de paternidade
Autor: Correia, Verónica Luisa Oliveira
Orientador: Matos, Raquel
Carvalho, Maria Carmo
Palavras-chave: Consumidores de SPA
Toxicodependência
Parentalidade
Figura Paterna
Paternidade
SPA consumers
Addiction
parenthood
Father Figure
Paternity
Data de Defesa: 20-Jul-2015
Resumo: O presente estudo visa contribuir para a investigação científica no âmbito da Toxicodependência e a sua influência na Paternidade. Pretende-se perceber de que forma o abuso de substâncias psicoativas (SPA) compromete o exercício da parentalidade, mais especificamente, o papel do Pai na relação progenitor-criança. Para tal, foi utilizada uma metodologia qualitativa, utilizando entrevistas em profundidade semiestruturadas numa amostra de 8 participantes, reunida por amostragem intencional (não-probabilística). Tendo por base as significações que os participantes atribuem à paternidade e a sua relação com o consumo de SPA, os resultados demonstraram que na generalidade, a paternidade é vista como disfuncional e incompatível na sua execução. Conclui-se também, que nos núcleos familiares onde existe toxicodependência, os filhos mantém uma vinculação insegura-evitante com os pais consumidores.
This study aims to contribute to scientific research in the field of addiction and its influence on Fatherhood. It aims to understand how the abuse of psychoactive substances (SPA) compromises the exercise of parenting, specifically, the role of the Father in the parent-child relationship. To this end, a qualitative methodology was used, using semi-structured in-depth interviews in a sample of 8 participants, brought together by intentional sampling (non-probabilistic). Based on the meanings that participants attach to fatherhood and his relationship with the consumption of SPA, the results showed that in general, parenting is seen as dysfunctional and inconsistent in its implementation. It also concludes that in households where there is drug abuse, the children remains an insecure-avoidant attachment with parents consumers.
URI: http://hdl.handle.net/10400.14/20550
Aparece nas colecções:FEP - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations
R - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Dissertação_Verónica Correia.pdf1,46 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.