Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.14/18898
Título: Serviço social em Angola : itinerário histórico e caminhos de inovação social
Autor: Buzi, Felicidade
Orientador: Branco, Francisco
Palavras-chave: Serviço Social
Serviço Social Angolano
Serviço Social Global
Inovação Social
Social Work
Angolan Social Work
Global Social Work
Social Innovation
Data de Defesa: 25-Nov-2015
Resumo: Apresentam-se nesta dissertação os seis eixos de geração da formação-profissão do Serviço Social, desde 1961 até hoje, em Angola, e reconhecem-se três marcos sociopolíticos, responsáveis pela diferenciação de sua configuração: (i) a Fase da Implantação do Serviço Social em Angola, com eixo na fundação e funcionamento do Instituto Pio XII (1961-1974); (ii) a Fase de Inibição do Serviço Social em Angola, com uma ausência significativa de qualquer eixo de geração da formação-profissão do Serviço Social (1975-2002); e (iii) a Fase da Refundação do Serviço Social em Angola, com eixo na fundação e funcionamento do Instituto João Paulo II, do Instituto Superior de Serviço Social e do Centro de Formação de Quadros Sociais do Ministério da Segurança e Reinserção Social (2002 – Hoje). Desenvolve-se uma análise bidimensional – dimensão reflexiva ou introspectiva dos dados pertinentes sobre os 6 eixos e dimensão comparativa luso-angolana de dados relevantes – e retém-se que: (i) o Serviço Social em Angola, reflexivamente, passa, qualitativamente, de um modelo fundamentalmente ―reactivo e terapêutico", muito característico das suas duas primeiras Fases, para um modelo tendencialmente ―proactivo, terapêutico e empreendedor‖, já característico da última Fase, em curso, desde 2002 até hoje; (ii) o Serviço Social em Angola, comparativamente com alguns referenciais do Serviço Social Português, mostra que o primeiro deve descolar para uma aspiração e qualificação de configuração ―Mais Global‖, considerados predicadores desta configuração qualitativa os prumos institucionais internacionais das Associação Internacional das Escolas do Serviço Social, Federação Internacional dos Assistentes Sociais, Declaração dos Direitos Humanos e também da Inovação Social (Europeia). Em particular, é feito um ensaio compreensivo da Inovação Social sobre o Serviço Social Angolano e ilustra-se que (i) Angola caracteriza-se, actualmente, como ―socialmente ainda muito deficitária‖, em cuja identificação de (novas) necessidades sociais regista uma pobreza severa e crianças abandonadas em centros urbanos, carecendo de hierarquização programática solutiva.
Approaching the 6 milestones of the Angolan Social Work’s course it comes out that 3 different periods occurred since 1961 till today (2014/15): (i) the ―Angolan Social Work’s Foundation period‖, centered in the Institute of Pio XII as the only axis of formation of the social workers (1961-974); (ii) the ―Angolan Social Work’s Crash period‖, marked by the closure of the Institute of Pio XII, and by a significant inhibition of the social work (1974-2002); and (iii) the ―Angolan Social Work’s Restarting period‖, run by the 3 recent nucleus of SS’ professionalization, the ―Instituto João Paulo II‖, the ―Instituto Superior de Serviço Social‖ and the ―Centro de Formação de Quadros Sociais do Ministério da Segurança e Reinserção Social‖ (2002 – Today). Applying an internal or reflexive and another external or contrastive analysis on the described Angolan Social Work’s diphasic course it comes out that: (i) at the reflexive level, it is cached a qualitative or paradigmatic change in the Angolan Social Work (1961-today), moving from a ―reactive and therapist‖ way of the Angolan Social Work (1961-2002) displayed about the Pio XII’s formation, during both of the Foundation and the Crash’s periods, to a ―proactive, therapist and entrepreneur‖ tendency of the Angolan Social Work (2002-today), displayed about the current high formations (João Paulo II and Instituto Superior de Serviço Social); (ii) at the contrastive level, thinking {Local /Global} dimensions of the Social Work, it is gotten that Angolan Social Work could be classifiable as {SS: + Local / - Global}, relating the Portuguese Social Work one, already classifiable as {SS: + Local / + Global}.
URI: http://hdl.handle.net/10400.14/18898
Aparece nas colecções:FCH - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations
R - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Corrigida OkOK.pdf1,48 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.