Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.14/18543
Título: Processo da compreesão leitora de crianças surdas : diferenças semânticas : o surdo gestualista e o surdo oralista
Autor: Freitas, Paula Alexandra Ferraz da Cunha
Orientador: Ponte, Filomena Ermida da
Palavras-chave: Surdez
surdo gestualista
surdo oralista
educação bilingue
linguagem e comunicação
leitura e escrita
semântica
deafness
deaf children who communicate through gestures
oralist deaf
bilingual education
language and communication
reading and writing
semantic
Data de Defesa: 2014
Resumo: Para que se possa viver, interagir ou comunicar o ser humano necessita de uma língua, oral ou gestual, para assim adquirir e aperfeiçoar uma aprendizagem social, cognitiva e linguística. No caso de crianças surdas é primordial a interação num ambiente linguístico capaz de fornecer a estas crianças uma aquisição e um desenvolvimento de uma língua materna. Numa sociedade maioritariamente ouvinte a criança surda terá de conhecer ou até dominar o português escrito como forma de ingresso ao conhecimento e participação na vida em sociedade. Contudo, comparativamente às crianças ouvintes, o ensino da leitura e da escrita não pode ser transmitido como língua materna, uma vez que estão privados da modalidade oral. É fundamental a acoplagem que estas duas línguas assumem na vida de crianças e alunos surdos pois comunicar em língua gestual portuguesa e português escrito constitui a possibilidade de crescer em duas línguas, como primeira e segunda língua respetivamente. O objetivo deste estudo visa observar o processo de compreensão leitora de crianças surdas, comparando surdos gestualistas e surdos oralistas, uma vez que estão privados do in - put auditivo essencial para aquisição e desenvolvimento da linguagem e comunicação e o aumento progressivo da capacidade do campo lexical e significação das palavras (semântica). O estudo incidiu em catorze crianças que frequentam turmas bilingues e visa perceber de que forma é feita as aprendizagens linguísticas. A análise e tratamento de dados foram concebidos através de observações diretas na sala de aula e do conteúdo das entrevistas feitas à equipa multidisciplinar que trabalham na escola de referência para a educação bilingue. Os resultados obtidos indicam-nos para uma redução e limitação nas capacidades semânticas e problemas de aprendizagem na leitura e na escrita nas crianças surdas, devido ao facto de estarem privadas da informação oral bem como da estrutura gramatical da língua gestual portuguesa ser diferente da estrutura gramatical do português escrito.Comparativamente aos alunos gestualistas, os alunos oralistas evidenciam-se num aumento semântico e vocabular porque têm mais acesso à oralidade, ao significado da palavra e as dificuldades manifestam-se principalmente no abstrato enquanto os gestualistas têm mais dificuldades ao nível da compreensão e expressão, limitando mais a aquisição lexical. Contudo ressalve-se a ideia que cada criança possui capacidades, potencialidades e peculiaridades provenientes de vários fatores (idade do implante, família, parte cognitiva, entre outros) que possam, ou não, comprovar as conclusões e ilações aqui apresentadas e que devem ser sempre ponderadas.
In order to live, interact or communicate the human being needs a language, oral or gestural, to if of acquire and perfect cognitive and linguistic social learning. In the case of deaf children is paramount important the interaction in a linguistic environment able to provide these children with an acquisition and development of or mother tongue. In a hearing society most deaf children have to know or even dominate Portuguese writing as a means to access knowledge and participation in society. However, compared to hearing children, teaching reading and writing can not be transmitted as their mother tongue, since they are deprived of the oral modality. It is critical the coupling that these two languages have in the lives of deaf children and students because communicating in Portuguese sign language and written Portuguese allows the student to grow in both languages as a first language and second respectively. The objective of this study is to observe the process of reading comprehension of deaf children, comparing deaf children who communicate through gestures and oralist deaf people since they are deprived of input – essential for the acquisition and development of language and communication and gradually increasing the capacity of the lexical field and meaning of words (semantics). The study focused on fourteen children attending bilingual classes and tried to realize how language learning is made. The analysis and data processing have been designed through direct observation in the classroom and the content of the interviews made by the multidisciplinary team working in a reference school for bilingual education. The results indicate us that there is a reduction and limitation in semantic abilities and learning problems in reading and writing in deaf children, because they are deprived of oral information and the grammatical structure of Portuguese Sign Language is different from the grammatical structure of written Portuguese.Compared deaf students who communicate through gestures to oralist deaf students, the latter show semantic and lexical increase because they have more access to orality, to meaning of the word and the difficulties are manifested mainly in the abstract while those using gestures have more difficulties in comprehension and expression, which limits more the lexical acquisition. However, we should note that the idea that every child has capacities, potentials and peculiarities from various factors (age of the implant, family, cognitive part, among others) that may or may not confirm the findings and conclusions presented here and that should always be weighted.
URI: http://hdl.handle.net/10400.14/18543
Aparece nas colecções:FCS - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations
R - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Dissertação Paula versão_final_PDF.pdf3,02 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.