Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.14/18374
Título: Creating shared value : the relationship between business and development
Autor: Larsen, Marianne Heier
Orientador: Pinheiro, Susana Frazão
Data de Defesa: 16-Jul-2015
Resumo: The purpose of this study is to better understand the relationship between business and development by looking particularly at the textile and garment industry in Bangladesh. Previous research shows that Corporate Social Responsibility (CSR), or what today is better known as creating shared value, is often seen as a bridge connecting the arenas of business and development. This report raises and seeks to answer questions centered on the idea of ‘Decent Work’ as propounded by the International Labour Organization (ILO). What is the quality of life of workers in factories in Bangladesh who produce clothing’s that are exported to Europe? Can we call the conditions of employment of these workers as what ILO terms ‘Decent Work’? An exploratory research design is used to understand the different aspects of the research question. Data collection is performed through secondary data, and the research is divided into a quantitative and qualitative part. A statistical database is used to try to understand ILOs indicators of ‘Decent Work’ from the perspective of the local textile and garment worker in Bangladesh. Furthermore, five companies’ sustainability approach has been analyzed, all outsourcing their manufacturing to Bangladesh. The findings indicate that there are areas for improvement. Through relocation of supply chains, employment opportunities in Bangladesh are being created. However, many of the workers are working inhumane hours with payments below the minimum wage limit. And even though companies implement rules and routines in their Codes of Conduct to generate safe work conditions, accidents continue to happen.
Este estudo tem como objectivo perceber melhor a relação entre Negócios e Desenvolvimento, através duma análise à industria têxtil e do vestuário no Bangladesh. Pesquisas anteriores mostram que a Responsabilidade Social das empresas, mais conhecida hoje em dia por criação de valor partilhado, é frequentemente vista como uma ponte de ligação entre Negócios e Desenvolvimento. Este relatório levanta e pretende dar resposta a questões centradas na ideia de “Trabalho Decente” tal como proposto pela Organização Internacional do Trabalho (OIT). Qual é a qualidade de vida dos trabalhadores no Bangladesh, que produzem roupas para serem exportadas para a Europa? Podemos chamar às condições de trabalho destes trabalhadores “Trabalho Decente”, como definido pela OIT? É levada a cabo uma pesquisa exploratória para entender os diferentes aspectos da pergunta de pesquisa. A recolha de informação é executada através de dados secundários, e a pesquisa é dividida numa parte quantitativa e noutra qualitativa. É utilizada uma base de dados estatística para tentar perceber os indicadores de “Trabalho Decente” da OIT, do ponto de vista de um trabalhador da industria têxtil e do vestuário no Bangladesh. Foi também analisada a estratégia de sustentabilidade de cinco empresas que fazem outsourcing da sua produção no Bangladesh. As descobertas indicam que existem áreas a melhorar. Através da deslocalização de cadeias de abastecimento, estão a ser criadas oportunidades de emprego no Bangladesh. Contudo, muitos destes trabalhadores cumprem horários desumanos, com pagamentos abaixo do limite mínimo salarial. Mesmo que as empresas implementem regras e rotinas nos seus Códigos de Conduta de forma a gerar condições de trabalho seguras, acidentes continuam a acontecer.
URI: http://hdl.handle.net/10400.14/18374
Aparece nas colecções:FCEE - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations
R - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
CreatingSharedValue-MarianneHeierLarsen.pdf2,84 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.