Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.14/18356
Título: Sharing user innovations : characteristics of patient-developed solutions and online communication
Autor: Gomes, Joana Carvalho Roldão
Orientador: Costa, Cláudia
Zejnilovic, Leid
Palavras-chave: Lead users
User innovation
Patient innovation
Healthcare
Radicalness
Communication
Diffusion
Adoption
Data de Defesa: 16-Jul-2015
Resumo: The challenges to healthcare systems are common worldwide. The need to identify new treatments and solutions that reduce the burden on society is top priority for all public policy makers. This study investigates the role of patients and caregivers as innovators. Drawing on Rogers’ diffusion of innovations theory, we aim to understand how well lead users in the medical field are communicating their inventions. Based on a sample of 248 submissions in a patient innovation platform, this study assesses the likelihood of innovation diffusion. Overall, our results show that patient innovations are not communicated effectively online. Nevertheless, the levels of radicalness and complexity positively impact on the quality of communication. Our findings are important as communication strongly influences diffusion and, consequently, adoption. Hence, educating users on how to better communicate their solutions on dedicated online communities is appointed as the key to boosting adoption by others, which in turn leads to increased social welfare. Further implications for theory and practice are discussed.
Os desafios aos sistemas de saúde são comuns em todo o mundo. A necessidade de identificar novos tratamentos e soluções que reduzam o fardo na sociedade é uma prioridade para todos os países. Este estudo investiga o papel de pacientes e prestadores de cuidados de saúde enquanto inovadores. Com base na teoria da difusão de inovações de Rogers, temos como objectivo perceber quão bem os lead users do campo médico estão a comunicar as suas invenções. Baseado numa amostra de 248 submissões numa plataforma de soluções desenvolvidas por pacientes, este estudo avalia a probabilidade de difusão das inovações. Em suma, os resultados da nossa análise demonstram que as inovações desenvolvidas por pacientes não são eficazmente comunicadas online. No entanto, os níveis de radicalidade e complexidade têm um impacto positivo na qualidade da comunicação. Os nossos resultados são importantes pois a comunicação influencia fortemente a difusão e, consequentemente, a adopção. Portanto, a educação de utilizadores na forma de comunicar as suas soluções em comunidades online dedicadas é apontada como a chave para aumentar a adopção por outros, que por sua vez faz subir o bem-estar social. São discutidas mais implicações teóricas e práticas.
URI: http://hdl.handle.net/10400.14/18356
Aparece nas colecções:FCEE - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations
R - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Dissertation_JoanaRoldaoGomes.pdf766,67 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.