Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.14/18329
Título: Temperamento e psicopatologia em crianças em idade pré-escolar
Autor: Rouxinol, Ana Filipa Mouta Soares
Orientador: Dias, Pedro
Palavras-chave: Temperamento
Psicopatologia
Comportamentos de internalização
Comportamentos de externalização
Idade Pré-escolar
Temperament
Psychopathology
Internalizing Behaviors
Externalizing Behaviors
Preschool
Data de Defesa: 2009
Resumo: A presente dissertação teve como objectivo avaliar a relação entre o temperamento e a sintomatologia psicopatológica numa amostra normativa de 82 crianças em idade pré-escolar, no Norte de Portugal. O temperamento foi avaliado através da versão portuguesa do Infant Characteristics Questionnaire 24/30 (ICQ-24/30) (Bates, Freeland, & Lounsbury, 1979), e a psicopatologia avaliada através da versão portuguesa da Child Behavior Checklist for ages 1½-5 (CBCL 1½-5) (Achenbach & Rescorla, 2000) e Caregiver-Teacher Report Form for Ages 1½-5 (C-TRF 1½-5) (Achenbach, 1997), tendo em conta a informação fornecida pelos principais prestadores de cuidados da criança, em dois contextos distintos (Mãe e Educadora de Infância). Os resultados obtidos apontam para correlações significativas entre psicopatologia e o temperamento, avaliados pela Mãe e Educadora, em especial entre comportamentos de externalização (CBCL/ C-TRF) e as dimensões difícil e adaptação negativa à mudança (ICQ). Características individuais da criança, como o sexo, e alguns factores contextuais, como o nível socioeconómico e o grau de escolaridade da mãe, parecem influenciar a percepção da mãe e educadora quanto ao temperamento e psicopatologia. Todos os resultados são discutidos à luz da literatura sobre psicopatologia e temperamento. O presente estudo veio contribuir para um aprofundamento do conhecimento da relação entre temperamento e psicopatologia em idade pré-escolar, e enfatizar a necessidade de utilizar diferentes informadores em diferentes contextos.
This study aimed to examine the relations between temperament and psychopathological symptoms in two contexts – family and daycare centers – in a non-clinical sample of 82 children aged between 21 to 32 months from the north of Portugal. Temperament was assessed with the Portuguese version of the ICQ (Bates, Freeland, & Lounsbury, 1979), and psychopathology was assessed with the Portuguese versions of the CBCL 1 ½ - 5 (Achenbach & Rescorla, 2000) and C-TRF (Achenbach, 1997). Both temperament and psychopathology were assessed by mothers and daycare teachers. Correlations were found between mothers and teachers reports on psychopathological symptoms and temperament. Furthermore, several dimensions of the ICQ were positively correlated to the CBCL 1 ½ - 5 and CTRF, specially externalizing behavior (CBCL / CTRF) and fussy/difficult and negative adaptation to change (ICQ). Child individual characteristics (e.g.: gender) and some contextual features (e.g.: socio-economic status and mother school level), seem to influence mother and teacher ratings. Results will be discussed in light of the literature on the contextual influences to temperament and psychopathology. The present study provides a better understanding about the relations between temperament and psychopathological symptoms in pre-school aged children, and emphasizes the nedd to use multiple informers and contexts in childhood assessment.
URI: http://hdl.handle.net/10400.14/18329
Aparece nas colecções:FEP - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations
R - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Temporario.pdf9,29 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.