Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.14/18324
Título: História e milenarismos
Autor: Gonçalves, Joaquim Cerqueira
Data: 1999
Editora: Faculdade de Teologia da Universidade Católica Portuguesa
Citação: GONÇALVES, Joaquim Cerqueira - História e milenarismos. Didaskalia. Lisboa. ISSN 0253-1674. 29:1-2 (1999) 257-262.
Resumo: O milenarismo ou, mantendo a etimologia grega, o quilianismo, traduz o processo de introdução da categoria da qualidade na da quantidade, nos números, apontando para a ideia de realização total, de plenitude e também de iminência, vencendo, assim, a densidade — incómoda — da série interminável dos números, o que equivale à extinção das diferenças temporais. A ideia de perfeição articulou-se, aí, quase sempre, se aplicado ao ser finito, à superação dum processo, incidindo o seu significado mais sobre o abandono — fuga — das dificuldades inerentes a uma situação de imperfeição do que sobre a implantação num estado definitivo.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.14/18324
ISSN: 0253-1674
Aparece nas colecções:RD - 1999 - Vol. 029 - Fasc. 1 e 2

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
V0290102-257-262.pdf116,66 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.