Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.14/18118
Título: O papel do laptop performer enquanto agente transformador das práticas musicais
Autor: Fernandes, Vitor Joaquim Paredes
Orientador: Barbosa, Álvaro
Pestana, Pedro Duarte
Data de Defesa: 18-Mai-2015
Resumo: Este trabalho nasceu de uma preocupação sentida relativamente à forma como se percepciona a performance musical de laptop. Neste âmbito, considerámos o ponto de vista das audiências que, desprovidas de informação visual e gestual, se sentem perdidas face à não existência de um nexo de causalidade que lhes dê pistas sobre o que está a acontecer, e num segundo plano, considerámos as preocupações que esta ausência de percepção implica na forma como os criadores tomam decisões e fazem as suas propostas em performance. Tendo em conta esta dualidade de preocupações, quisemos compreender as percepções dos criadores e observar as diversas formas de reagir à disrupção, considerando a forma tradicional de se produzir e apresentar musica ao vivo. Assim, optámos por iniciar o processo dirigindo-nos aos criadores, começando por um focus group e evoluindo posteriormente para dois inquéritos modulados em função dos resultados precedentes, adoptando-se um processo evolutivo e iterativo em que cada novo passo correspondia a um conjunto de observações alicerçadas na investigação precedente. Do conjunto de observações realizadas, concluiu-se que os criadores, embora conscientes da descontinuidade provocada pela disrupção, não manifestavam grande preocupação relativamente ao impacto provocado. Por outro lado, observámos uma atitude muito proactiva relativamente ao desenvolvimento e implementação de actuações que transformavam a forma de produzir a própria performance. Desse conjunto de princípios, sublinha-se a criação de novas soluções de desprogramação e rotura com os modelos tradicionais de produzir (Dhomont, Cascone, López), a consciência e adopção de novas formas de negociar o que é estar em palco (López, Brook, Emmerson, Shepherd, Sloboda), e a implementação de comportamentos que apontam para a valorização gradual da consciência do autor-produtor (Benjamin, Cascone). Concluída esta fase de abordagem aos criadores, partindo das observações que desvalorizavam o papel do gesto musical e de uma revisão histórica a apontar no sentido contrário, desencadeámos um último processo de inquirição dirigido ao público em geral, tendo como objectivo avaliar se a qualidade do gesto musical fica impressa no resultado sonoro de uma interpretação. Os resultados desta última pesquisa mostraram não haver correlação aparente entre a produção de gesto e a percepção desse valor por parte das audiências. Estes dados levam-nos a concluir não haver evidências de que o gesto fique de facto impresso no programa sonoro, o que vem justificar o comportamento geral dos criadores electrónicos ao desvalorizarem o papel atribuído ao gesto na produção musica
The present work revolves around the overall perception of laptop performance in the musical domain. We have considered the audience’s standpoint, who, bereft of visual and gestural information, feels the loss of a causality thread that provides cues about what is happening. At a second stage, we have also considered the consequences that this bereavement implies in the way artists will shape their decisions and performance proposals. This duality of concerns led us to strive to understand the artist’s perceptions and investigate the myriad ways of reacting to the newfound disruption to the traditional production model of music. Thus, we opted to start our process by targeting the artists themselves, beginning with a focus group and evolving towards two different surveys that were sequentially modulated by the results of previous steps. This yielded an evolutional and adaptive process, where each new step would be deeply grounded on the previous research. Out of the investigations carried out, it became apparent that artists, while aware of the discontinuity this disruption had caused, did not manifest a strong concern about its impact. On the other hand, we have sensed a proactive attitude towards the development and implementation of procedures that transformed the production methodology of the performance itself. From this set of principles, one should highlight the inception of new strategies of de-programming and rupture with standard models of production (Cascone, Dhomont, López), the conscience and adoption of new ways of negotiating the meaning of being on stage (López, Brook, Emmerson, Shepherd, Sloboda), and the implementation of behaviours that point towards the gradual awareness of what an author-producer should be (Benjamin, Cascone). After this first step of researching the artists, and contemplating the statements that devalued the gesture’s role while our historical review pointed in the opposite direction, we triggered a last investigative strategy directed to the general audience. This consisted on the evaluation on whether the quality of musical gesture is imprinted upon the aural result of an interpretation. The results of this last item of research have shown there is no apparent correlation between body engagement and gestural production, and the audience’s perception of interpretational quality. This data led us to conclude there are no evidences that the gesture is in fact a relevant part of the sound panorama, which justifies the overall behaviour of electronic music authors, who tend to devalue the role of movement in musical production.
URI: http://hdl.handle.net/10400.14/18118
Aparece nas colecções:EA - Teses de Doutoramento / Doctoral Theses
R - Teses de Doutoramento / Doctoral Theses

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
O_Papel_do_Laptop (Vitor Joaquim).pdf11,43 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.