Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.14/18054
Título: Evolução da infeção associada aos cuidados de saúde num hospital de 2006 a 2011
Autor: Duarte, Pedro Miguel Garcia
Orientador: Martins, Fernando Mena
Capelas, Manuel Luís
Palavras-chave: Infeções Associadas aos Cuidados de Saúde
Vigilância Epidemiológica
Healthcare Associated Infections (HAI
Epidemiological Surveillance
Data de Defesa: 25-Mai-2015
Resumo: Introdução - A vigilância epidemiológica das infeções associadas aos cuidados de saúde (IACS) é uma componente fundamental para a sua prevenção e controlo nas unidades de saúde. A identificação das infeções mais frequentes permitirá a implementação de uma vigilância seletiva e o respetivo desenvolvimento de iniciativas de melhoria para a sua diminuição. Objetivo - Identificar as IACS mais frequentes no hospital e a sua evolução entre 2006 e 2011 Metodologia- Efetuou-se um estudo do tipo descritivo-correlacional com uma colheita de dados retrospetiva. Através de uma amostra aleatória estratificada obteve-se 1894 episódios de internamento. Para a identificação de infeção foram utilizados os critérios de infeções nos cuidados de saúde agudos de 2009 do Programa Nacional de Prevenção e Controlo da Infeção Associada aos Cuidados de Saúde. Foi utilizado um instrumento de colheita de dados (Anexo I) através da consulta do processo informático e papel. Resultados- A amostra revelou um predomínio do sexo masculino com 62,1%, a média de idade foi de 53,4 anos e a duração do internamento foi em média de 9,3 dias. A localização da infeção foi de 3,6% nas vias respiratórias inferiores, 2,7% no aparelho urinário, 0,9% no local cirúrgico, 0,6% ocular, do ouvido, faringe nariz ou boca, 0,5% na pele ou tecidos moles, 0,1% no aparelho digestivo e 0,1% óssea ou articular. Conclusão- O estudo permitiu identificar as infeções mais comuns nesta unidade hospitalar. Em estudos futuros as infeções devem ser estudadas individualmente de modo a contemplar fatores de risco relacionados com a infeção em causa.
Introduction- Epidemiological surveillance of infections associated with health care (IACS) is a key component to its prevention and control in health facilities. The identification of the most common infections will allow the implementation of a selective surveillance and the development of improvement initiatives contributing to its decline. The objective is to identify the most common HAIs in the hospital and their evolution between 2006 and 2011. Objective- Identify most common HAIs in the hospital and their evolution between 2006 and 2011 Methodology- We conducted a study using the descriptive-correlational type with the acquisition of retrospective data. Through a stratified random sample we were able to obtain 1894 hospitalization episodes. To identify the infection the criteria of infections in acute care 2009 of the National Program for Prevention and Control of Infection Associated with Health Care was used. An instrument of data collection (Appendix I) was used through the consultation of the informatics process and paper. Results- The sample revealed a predominance of males with 62.1%, the average age was 53.4 years and the duration of hospital stay averaged 9.3 days. The localization of infection was 3.6% in the lower respiratory tract, urinary tract 2.7%, 0.9% at the surgical site, 0.6% eye, ear, nose, mouth or pharynx, 0.5% in skin or soft tissues, 0.1% in the digestive tract and 0.1% bone or joint. Conclusion- This study identified the most common infections in this hospital. In future studies infections should be studied individually to take into account the risk factors associated with the infection in question.
URI: http://hdl.handle.net/10400.14/18054
Aparece nas colecções:ICS(L) - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations
R - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
dissertação MICS 2006_2011.pdf1,02 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.