Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.14/18013
Título: O impacto da descriminalização de substâncias psicoativas para as intervenções de redução de riscos e minimização de danos : estudo de caso do projecto Kosmicare/Boom Festival
Autor: Valbom, Mónica Sofia Teixeira
Orientador: Carvalho, Maria Carmo
Palavras-chave: Descriminalização
Redução de Riscos e Minimização de Danos
Intervenção em Crise
Kosmicare
Descriminalization
Harm Reduction
Crisis intervention
Kosmicare
Data de Defesa: 19-Fev-2015
Resumo: O objetivo do presente estudo é compreender o Impacto da Descriminalização do consumo de substâncias psicoativas (SPA) na prática de Redução de Riscos e Minimização de Danos (RRMD), em Portugal No desenvolvimento deste trabalho recorremos a uma metodologia de investigação qualitativa assente em questionários realizados a agentes de segurança e técnicos de saúde, com intervenção direta nas práticas de consumo e tráfico de SPA. A análise de dados foi feita com recurso ao software Nvivo10®. Uma conclusão central que emerge deste trabalho é o facto de, na sua maioria, os agentes de segurança desconhecerem qual a legislação em vigor, no que concerne às políticas das drogas em Portugal, bem como, não compreenderem o impacto da descriminalização do consumo de SPA, em Portugal. No entanto, este é apenas um primeiro contributo para a exploração desta temática, que necessita de aprofundamento adicional em muitas das suas dimensões. Entendemos que uma disseminação mais eficaz do conhecimento sobre a lei e suas implicações junto dos agentes envolvidos na sua implementação contribui de forma significativa para a melhoria da eficácia das medidas contempladas pela lei, no interesse e no benefício dos indivíduos utilizadores em Portugal.
The aim of this study is to understand the Impact of Descriminalization of psychoactive substance use in the practice of harm reduction and risk minimization in Portugal In the development of this investigation we used a qualitative research methodology based on questionnaires conducted to security agents as well as health agents which have had direct contact with either consumption and/or traffic of psychoactive substances. The research methodology relies on a qualitative process using the.Nvivo10®. A blunter conclusion of this work is that, on average, the security agents are unaware of the current legislation premises regarding psychoactive substances consumption. Also, it's to be said that they didn’t understand the impact that the decriminalization has had in Portugal. However this is only the first step to explore this theme, which will require, a deeper and more complex analysis in all its' planes. We believe that creating ways to promote knowledge of the law around the agents which are also implicated, will result in a significant change and bettering on the application and enforcement of said law, which, it's in the benefit and on the psychoactive substance user best interest, in Portugal.
URI: http://hdl.handle.net/10400.14/18013
Aparece nas colecções:FEP - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations
R - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Artigo Científico Monica Valbom.pdf733,16 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.