Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.14/18007
Título: Impacto da medida de institucionalização sobre o risco de consumo de substâncias psicoativas em jovens
Autor: Pinto, Maria João Larangeira
Orientador: Carvalho, Maria Carmo
Palavras-chave: trajetórias de vida
jovens institucionalizados
substâncias psicoativas
Life trajectories
institutionalized youngsters
drug use
Data de Defesa: 11-Fev-2015
Resumo: O presente estudo pretende caracterizar as trajetórias de vida de jovens utilizadores de drogas com medida de institucionalização, com ênfase na compreensão do papel da família no desenvolvimento dessas trajetórias e na apreciação do impacto das medidas de institucionalização sobre os consumos dos jovens. Foi utilizada uma metodologia qualitativa, de cariz semi indutivo, com recurso ao biograma e à análise de conteúdo. A amostragem é por conveniência e constituída por 24 participantes, de ambos os sexos, entre os 15 e os 21 anos de idade que já tiveram contacto com algum tipo de droga e tenham habitado num lar de infância e juventude da região do Porto. Salienta-se a homogeneidade das trajetórias de vida deste jovens, marcadas maioritariamente por vitimação familiar, insucesso escolar, e comportamento antissocial. Observou-se ainda que a relação entre a institucionalização e os consumos pode não ser direta, na medida em que apenas são visíveis mudanças no uso de drogas, como redução ou cessação, através do envolvimento dos jovens em processos de apoio psicológico.
This study is aimed to characterize the life trajectories of juvenile drug use with institutional measures with emphasis in the comprehension of the family participation in the development of those trajectories and in the appraisement of the impact of the institutional measures on the young drug users. It was used a qualitative approach, of semi-inductive nature, using the biogram and content analysis. The sampling is for convenience and constituted by 24 participants, of both sex, between the ages of 15 and 21 years old, that already had contact with some kind of drug and have lived in a foster care in the region of Porto. Highlighting the homogeneity of these young’s life trajectories, mostly marked by family victimization, low success at the school, and antisocial behaviour. It was yet observed that the relation between foster care and the drug use may not have a straight connection, to the extend that it is only visible changes in the drug use, as reduction or cessation, through de involving of the young’s in psychological support processes.
URI: http://hdl.handle.net/10400.14/18007
Aparece nas colecções:FEP - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations
R - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Tese de dissertação.pdf2,58 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.