Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.14/17842
Título: Porto, Cidade Aberta : o que a cidade pode fazer pelas Indústrias Criativas o que as Indústrias Criativas podem fazer pela cidade
Autor: Sá, Nuno Miguel Teixeira de
Orientador: Castro, Laura
Palavras-chave: Indústrias Criativas
Porto
Região Norte de Portugal
Negócios criativos
Cidade criativa
Creative Industries
Northern Region of Portugal
Creative businesses
Creative city
Data de Defesa: 2012
Resumo: As Indústrias Criativas são aquelas em que são produzidos produtos, bens e serviços criativos, com valor intrínseco e simbólico, isto é, capital cultural. A presente dissertação contende com a problemática da política pública neste sector da economia, vista sob o prisma do seu tecido empresarial, dentro do âmbito geográfico na cidade do Porto e região envolvente. Procede-se a uma investigação inicial e de síntese do contexto da cidade do Porto e da sua região. Forma-se uma perspectiva conformadora dos conceitos, metodologias e instrumentos analíticos que os autores firmados no tema propõem, produzindo-se um posicionamento crítico, de onde se parte para uma observação. Entrevistam-se organizações dos sub-sectores das indústrias criativas, seleccionadas de acordo com um modelo conceptual ilustrador da forma de estar no mercado dos negócios criativos. A síntese do que foi achado nas entrevistas conforma o posicionamento seguido, com vista à edificação de uma construtiva política pública para o sector, examinando as consequências e inter-relacionamento sociocultural e económico das actividades dos negócios criativos com a urbe. Este trabalho contém, in fine, aspectos estratégicos de um modelo de política pública, contendo algumas propostas práticas para a sua prossecução de forma mais oportuna, salutar e conhecedora da mecânica subjacente a este sector, tanto no plano do capital que o potencia, como no prisma dos recursos humanos, sua força motriz. As cidades podem beneficiar de múltiplos efeitos visíveis e invisíveis positivos que um florescente sector das Indústrias Criativas pode oferecer.
The Creative Industries are those in which products, goods and creative services are produced with intrinsic symbolic value, thus, cultural capital. This dissertation is about the usage of public policy to fuel the creative industries, from the business vantage point, in the city of Porto and its surrounding region, the north of Portugal. The investigation looks into the concepts, methodologies and analytical instruments that esteemed authors utilize in their works on the theme of Creative Industries, completed with a synthesis of the context of the city and its region. From that process, a comprehensive theoretical approach is produced and used in a research process that includes interviews of several businesses in the creative industries, selected according to a conceptual model that comprises the sectors to be analyzed, according to their approach to the market. The findings within the research process contribute to illuminate the inner workings of the creative and cultural sector, as they are coupled with the positioning emergent from the critical analysis, from which strategical aspects of a public policy model will be drawn. The prospective policy suggested aims at being a more comprehensive model, as its focus addresses the mechanics of the creative industries, both in the capital that drives it, as well as the human talent and creativity that fuels it. Cities can reap multiple visible and invisible benefits that a thriving creative industries sector offers.
URI: http://hdl.handle.net/10400.14/17842
Aparece nas colecções:EA - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations
R - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Temporario.pdf9,29 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.