Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.14/17835
Título: Gestão e comunicação de crise na Igreja Católica : uma reflexão no contexto da sociedade de informação
Autor: Pereira, Pedro Alexandre Freitas da Silva
Orientador: Ilharco, Fernando
Palavras-chave: Crise de Comunicação
Gestão de Crise de Comunicação
Religião
Igreja Católica
Comunicação
Sociedade da Informação
Internet
Crisis Communication
Crisis Management Communication
Religion
Catholic Church
Communication
Information Society
Data de Defesa: 10-Out-2014
Resumo: A presente investigação tem como objectivo perceber de que forma a comunicação de crise é gerida no seio da Igreja Católica, no contexto de sociedade da informação. A comunicação da igreja influencia a sociedade em que vivemos, porque intervém na dimensão social, cultural, política e económica. Importa perceber de que forma a Igreja utiliza os novos instrumentos de comunicação que tem ao seu dispor para fazer frente às crises que abalam a sua estrutura e reputação. Perante estes factores, poderá a Igreja, nas suas diversas estruturas, quando confrontada com problemas internos que são transpostos para o exterior, utilizar com eficácia modelos e técnicas actuais de gestão e comunicação de crise? Os acontecimentos que podem afectar negativamente a reputação da Igrejas surgem de diversas variáveis de risco; assim é necessário, perceber quais, como e que técnicas de gestão de crise deverão ser utilizadas para atenuar os efeitos negativos destas ocorrências? Assim os responsáveis de comunicação devem assegurar que a hierarquia da Igreja se comprometa com a preparação do plano de crise, do ponto de vista comunicacional. Esta dissertação tem suporte teórico em diversos autores, como por exemplo, as teorias de Castells no âmbito da Sociedade da Informação, as teorias de Jean Baudrillard foram analisadas no âmbito da temática do simulacro e da simulação. A análise da Sociedade da Informação com principal enfoque na tecnologia foi olhada através das teorias de Masuda. A gestão de crise comunicacional foi debatida à luz das teorias de Coombie. A visão estratégica da gestão de crise comunicacional é analisada também com base na teoria de António Marques Mendes. Para ilustrar a problemática da gestão de crise da comunicação na Igreja Católica, é utilizado ainda como suporte teórico, a teoria de Santiago de la Cierva. Em síntese, a Igreja Católica, tal como uma empresa, necessita de um plano bem estruturado e adaptado à sua realidade para fazer frente às crises que surgem difundidas pelos meios de comunicação.
This research aims to understand how crisis communication is managed within the Catholic Church, in the context of information society. The Church communication influences the society we live in, because it intervenes in the social, cultural, political and economic dimensions. It is important to understand how the Church uses new communication tools that are at your disposal to tackle the crises shaking its structure and reputation. Given these factors, may the Church in its various structures, when faced with internal problems that are translated to the outside, using models with efficiency and current management techniques and crisis communication? Events that may negatively affect the reputation of Churches come in many risk variables, so it is necessary to understand what, and how crisis management techniques should be used to mitigate the negative effects of these occurrences? So the responsible communication must ensure that the hierarchy of the Church is committed to the preparation of the crisis plan, the communicational point of view. This thesis has theoretical support to several authors, such as the theories of Castells within the Information Society, the theories of Jean Baudrillard were analyzed under the theme of simulacra and simulation. The analysis of the information society with strong focus on technology was look through the theories of Masuda. The management of crisis communication has been discussed in light of theories of Coombie. The strategic vision of managing crisis communication is also analyzed based on the theory of António Marques Mendes. To illustrate the problems of managing communication crisis in the Catholic Church, the theory of Santiago de la Cierva is still used as theoretical support. In short, the Catholic Church, as a company, need a well structured and adapted plan to their reality to cope with crises arising disseminated by the media.
URI: http://hdl.handle.net/10400.14/17835
Aparece nas colecções:FCH - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations
R - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Tese Mestrado.pdf1,01 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.