Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.14/17832
Título: Trajectórias de usos de drogas e experiências de consumo problemático na juventude
Autor: Silva, Telma Joana Cunha e
Orientador: Matos, Raquel
Carvalho, Maria Carmo
Palavras-chave: Trajectórias de Vida
Juventude
Uso Problemático de Drogas
Life Trajectories
Youth
Problematic Use of Drugs
Data de Defesa: 31-Jan-2012
Resumo: O presente estudo visa caracterizar trajectórias de jovens que atravessaram um período de experiências problemáticas com drogas, bem como o abandono de tal comportamento, de modo a conhecer a extensão deste fenómeno no sector juvenil e compreender os processos inerentes à superação do consumo problemático, reconhecendo a implicação destes no desenvolvimento pessoal e social saudável. Optamos por uma abordagem qualitativa, de forma a explorarmos significados associados ao uso de drogas no seio de um percurso de vida, tomando a perspectiva narrativa como veículo através do qual os indivíduos projectam e comunicam sentidos (Manita, 2001; Fernandes & Carvalho, 2000; Denzin & Lincoln, 1994). Ao longo da trajectória, o uso de substâncias psicoactivas (SPA) adopta um papel central e sua progressão parece proporcionar um distanciamento em relação aos objectivos de vida dos jovens, que reportam vulnerabilidade e dificuldade em controlarem os seus usos de drogas, revelando prejuízos a nível de saúde mental, desinteresse escolar e enfraquecimento da qualidade dos laços com a família e os pares. Já no que concerne à superação do uso problemático de drogas, se alguns participantes cessam o uso pela percepção de risco associada à sua conduta. Outros, salientam a gestão do uso num processo de abandono do consumo problemático, considerando a incompatibilidade entre o seu padrão de uso anterior e uma vida funcional e adaptativa, reservando o uso de drogas à esfera do lazer e distanciando-o das responsabilidades e actividades normativas. Globalmente, o desejo de autonomia em relação à sua própria conduta parece contribuir para a mudança comportamental, onde os jovens revelam a aquisição de competências de recusa à influência dos pares, a reflexão e capacidade de projectar o futuro e a necessidade de pedir ajuda aos progenitores como estratégias eficazes na superação do uso problemático de drogas.
The present research aims to characterize the trajectory of youngsters that went through a period of problematic experiences with drugs, as well as the abandon of such behavior, so as to acknowledge the extension of this phenomenon in the youthful sector and to understand the processes inherent to the overcoming of the problematic consumption, recognizing their repercussion in the healthy social and personal development. We opted for a qualitative management, so that we could explore significances associated to the use of drugs in the bosom of one’s life course, taking the narrative perspective as vehicle through which the individuals project and communicate senses (Manita, 2001; Fernandes & Carvalho, 2000; Denzin & Lincoln, 1994). Throughout the trajectory, the use of psychoactive substances (PAS) assumes a central role and its progression seems to afford a withdrawal towards the youngsters ’life goals, which convey vulnerability and difficulty in controlling their use of drugs, revealing harm and damage in what concerns mental health, school indifference, and weakness of the family and peers ties quality. In what concerns the overcoming of the problematic use of drugs, if some participants stop using them due to the awareness of the risk associated to their conduct, others enhance the management of the usage in a process of abandon of the problematic consumption, bearing in mind the incompatibility between their previous standard of use and a functional and adaptable life, keeping the use of drugs to the leisure circle and keeping it away from the responsibilities and normative activities. Globally, the desire of autonomy regarding their own conduct seems to contribute to the behavioral transformation, where the young people reveal the acquisition of skills of refusal of their peers influence and capability of projecting the future and the need of asking for help to their progenitors as efficient strategies in the overcoming of the problematic use of drugs.
URI: http://hdl.handle.net/10400.14/17832
Aparece nas colecções:FEP - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations
R - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
(DISSERTAÇAOfinal.pdf).pdf847,33 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.