Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.14/17777
Título: Tempos Sociais e o Mundo Contemporâneo - As crises, As Fases e as Ruturas
Autor: Araújo, Emília
Duque, Eduardo
Franch, Mónica
Durán, José
Palavras-chave: Tempo
Temporalidades
Aceleração
Estado Social
Data: 2014
Editora: CECS - Centro de Estudos de Comunicação e Sociedade Universidade do Minho Braga
Resumo: Michelle Bastian afirma que o tempo não é um recipiente neutro para a vida social, mas uma fonte de valores, conceitos e lógicas que são usados para negociar a complexidade da vida social. Com efeito, as sociedades atuais são marcadas por vários processos de transformação que implicam alterações significativas na forma de perceber e de usar o tempo. Algumas das palavras mais frequentes usadas na classificação do estado do social e do político são crise, fase e rutura. Trata-se de palavras aplicadas aos mais diversos níveis. Porque são socialmente constituídas, traduzem os modos pelos quais a sociedade se pensa e analisa a si própria. É nesse sentido que merecem ser estudadas. Qualquer uma destas palavras contém a ideia de corte num determinado processo temporal com caraterísticas próprias e qualquer uma delas contem, em potência, a sua superação. Tem primeiramente, um papel substantivo na forma como permitem uma certa leitura da sociedade atual. Um número crescente de autores tem vindo a dar atenção ao surgimento de novas experiências e expressões de tempo que consideram ser um resultado de tendências contemporâneas que caracterizam a expansão da sociedade em rede, da digitalização, das novas formas de interação e mediatização individual e institucional, assim como da aceleração (Hassan, 2010; Hope, 2009; Rosa, 2005; Scheuerman, 2004). Ideias tais como o fim do futuro, recessão, desigualdades temporais, surgimento de identidades em fluxo, e, ainda, as novas perceções sobre o passado, o presente e o futuro são exemplos das temáticas em discussão.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.14/17777
ISBN: 978-989-8600-23-3
Aparece nas colecções:FCS - Livros e partes de livros / Books and chapters

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
LIVRO - Tempos Sociais - As crises, as fases e as ruturas.pdf3,89 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.