Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.14/17749
Título: The catholic kingdom of Ethiopia: father Manuel de Almeida’s account of the imperial conversion ceremony
Autor: Cohen, Leonardo
Palavras-chave: Ethiopia
Jesuits
Ecclesiastical History
Catholicism
Mission
Etiópia
Jesuítas
História da Igreja
Catolicismo
Missionação
Data: 2014
Editora: Centro de Estudos de História Religiosa - Universidade Católica Portuguesa
Citação: COHEN, Leonardo – The catholic kingdom of Ethiopia: father Manuel de Almeida’s account of the imperial conversion ceremony. Lusitania Sacra. Lisboa. ISSN 0076-1508. 2ª S. 29 (Jan. - Jun. 2014) 143-179.
Resumo: This article analyzes the detailed account of the conversion ceremony of Emperor Sus nyos to Catholicism, as it was compiled by Father Manuel de Almeida in his book "História da Etiópia". At this ceremony, Afonso Mendes, the recently appointed Patriarch of Ethiopia, gave a learned exposition on Church history that championed the authority of Rome above all else. Father Mendes’ speech reveals, beyond all doubt, that he was more interested in expounding upon ecclesiastical history and the various heresies that had shaped the Church’s past than contending with the premises and concerns of his Ethiopian hosts. From the Catholic patriarch’s standpoint, primitive heresy had inevitably tainted the Alexandrine Church. For Emperor Sus nyos, the proceedings on February 11, 1626 were indeed a confirmation ceremony, but they also gave rise to a new version of Ethiopian religious history. This article presents for the first time an English version of this account and the original text in Portuguese accompanied by an introduction and detailed notes.
O presente artigo analisa o relato detalhado da cerimónia de conversão do imperador Sus nyos ao catolicismo, tal como foi compilado pelo Pe. Manuel de Almeida, no seu livro "História da Etiópia". Nesta cerimónia, Afonso Mendes, o recém-nomeado Patriarca da Etiópia, fez uma exposição sobre a história da Igreja, defendendo a autoridade de Roma acima de tudo. O discurso de Afonso Mendes revela, sem sombra de dúvida, que ele estava mais interessado em expor a história eclesiástica e as várias heresias que moldaram o passado da Igreja do que em confrontar-se com a realidade e as preocupações dos seus anfitriões etíopes. Do ponto de vista do patriarca católico, a heresia primitiva tinha inevitavelmente maculada a Igreja de Alexandria. Para o imperador Sus nyos, o evento de 11 de fevereiro de 1626 era de facto uma cerimónia de confirmação, mas que também daria origem a uma nova versão da história religiosa etíope. Este artigo apresenta pela primeira vez uma versão em inglês deste relato e o texto original em português, acompanhado por uma introdução e por um aparato crítico.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.14/17749
ISSN: 0076‑1508
Aparece nas colecções:RLS - Tomo 029 (2014)

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
LS_2014(29)-143-179.pdf315,4 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.