Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.14/17733
Título: Capacidade de nomeação táctil de crianças com 4 e 5 anos de idade nascidas pré-termo
Autor: Oliveira, Vera
Palavras-chave: Linguagem
Prematuridade
Nomeação Táctil
Language
Prematurity
Tactile Naming
Data de Defesa: 20-Jun-2014
Resumo: A capacidade de nomeação táctil é a competência de obter a informação sensorial do ambiente, de um objeto e/ou de movimentos do corpo, processar e integrar esses inputs sensoriais no sistema nervoso central e usar a informação sensorial para reconhecer e dar nome a um objeto. A exploração da capacidade de nomeação táctil vai permitir verificar de uma forma empírica se o acesso à linguagem e se o percurso efectuado pela informação ao nível linguístico é feito de acordo com o esperado. O presente estudo tem como objectivo comparar a capacidade de nomeação táctil de crianças de 4 anos e 5 anos de idade com nascimento de termo e com nascimento pré-termo (entre as 28 e 36 semanas de gestação). Participaram no estudo 60 crianças, 20 prematuros e 40 de termo, que frequentam jardins-de-infância da área da grande Lisboa, tendo sido avaliadas através de uma tarefa de nomeação táctil de objectos comuns. Não foram verificadas diferenças significativas entre o grupo de contraste e os prematuros, embora tendencialmente os prematuros tenham obtido valores mais baixos, no limiar da significância. Não se verificou correlação do desempenho na nomeação táctil com o número de semanas de gestação, nem com o peso ao nascer. Também não foi verificada correlação com os anos de escolaridade dos pais, em nenhum dos grupos. No grupo de contraste não havia diferença entre rapazes e raparigas, mas nos prematuros o desempenho destas foi melhor. Por limitações do estudo não foi possível valorizar as diferenças nos resultados obtidos através da mão direita e da mão esquerda.
The capacity of tactile naming is the ability to obtain sensory information from the environment, an object and/or body movements, process and integrate these sensory inputs to the central nervous system and use sensory information to recognize and name an object. Exploiting the ability to tactile naming recognition will allow to empirically verify whether access to the language and the route information carried by the linguistic level is done according to the expected. The present study aims to compare the ability of tactile naming of children with 4 and 5 years of age with birth at term and birth at preterm (between 28 and 36 weeks of gestation). Sixty children, 20 preterm and 40 term, attending kindergarten in the area of great Lisbon, born at term and preterm, have been evaluated through a tactile naming task with common objects, participated in this study. No significant differences between the group of premature and contrast were observed, however the group of premature children have obtained lower values, in the limit of significance. There was no correlation between performance on the tactile naming with the number of weeks of gestation or with birth weight. Also no correlation was verified through years of parental schooling in any groups. In contrast there was no group difference between boys and girls, but the performance in preterm girls was better. Due to the limitations of the study was not possible to value the differences in the results obtained through the right hand and left hand.
URI: http://hdl.handle.net/10400.14/17733
Aparece nas colecções:R - Dissertações de Mestrado / Master Dissertations

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Vera Oliveira.pdf650,54 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.